Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

‘Que forçação de barra’: fiéis criticam posts evangélicos de Wilson Witzel

Afastado por suposto envolvimento em corrupção, ex-governador participou de encontro de casais evangélicos e divulgou tudo em suas redes

Por Cleo Guimarães Atualizado em 23 fev 2021, 17h07 - Publicado em 23 fev 2021, 16h52

Tradicionalmente dedicado ao desfile das campeãs da Sapucaí, o sábado pós-carnaval deste ano foi diferente para o governador afastado Wilson Witzel. Autodeclarado “amante do samba”, o político – afastado do cargo desde agosto de 2020 por supostos desvios de recursos da Secretaria de Saúde durante a pandemia do coronavírus – desta vez acordou cedo e saiu de casa, no Grajaú, ao lado da mulher, Helena, para um compromisso que depois definiu como “de muito aprendizado”: um encontro (presencial) de casais na Igreja de Nova Vida, em Inhaúma.

Violência: quase 400 mulheres pedem proteção à Justiça do Rio no Carnaval

Witzel é ovelha nova neste rebanho. Ele foi batizado na religião evangélica no final de dezembro de 2020 pelo pastor Mario Brunet, 32 anos, ao ser mergulhado numa banheira de azulejos azul-bebê, no banheiro da casa onde funciona a igreja. Tudo foi devidamente fotografado e divulgado em suas redes àquela época, assim como desta vez. O pastor curtiu o post de sábado no Facebook. No Instagram ainda acrescentou um emoji de carinha sorrindo com olhos de coração.

Karol Conká, terror dos bastidores: ‘Acabou com minha raça’, diz produtor

Ele, no entanto, não foi maioria entre as cerca de 800 pessoas que se prestaram a fazer comentários na página do governador afastado. “Se tivesse ficado sentadinho no banco, sem ter pego esse microfone, sem ter tirado fotos e postado, o senhor seria muito mais sábio. Melhor cair no esquecimento do que tentar aparecer”, escreveu um seguidor. “Educação de filhos requer bons exemplos por parte de quem educa”, lançou outro. “Que forçação de barra, hein…”, ironizou mais uma. Houve quem defendesse a sua capacidade de “tentar se reerguer” ou exaltasse sua vontade de “agora fazer o bem” – em comum entre seus defensores, as frequentes lembranças à sua conversão.

‘Deise do Tombo’ faz vaquinha e compra casa para vizinha com câncer

Witzel se esforça para isso.  Suas redes são repletas de mensagens de agradecimentos a Deus e imagens de situações prosaicas do cotidiano, aquelas que trariam a verdadeira paz interior. “Nas coisas simples da vida estão os segredos de Deus. Creia e a fé mostrará o caminho”, escreveu o ex-juiz, sob uma foto em que aparece sorrindo e segurando um bule e um coador de café.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

Os próximos encontros de casais da igreja frequentada pelo ex-governador acontecerão remotamente, via YouTube. Os Witzel confirmaram participação, e os assuntos debatidos serão:

1 – A espera – Preparação para receber a nossa descendência

2 – A primeira infância – formação do caráter

3 – Adolescência e rebeldia – muita oração

4 – Juventude e as indecisões do futuro – o tempo certo!

5 – A hora de seguir para o mar aberto. Missão cumprida?

6 – A recompensa. Quer saber?

 

Continua após a publicidade
Publicidade