Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Flordelis: crime explicado em texto com gírias LGBT faz sucesso nas redes

Perfil no Twitter conta, de forma bem-humorada, o caso da pastora e deputada acusada de mandar matar o marido com a ajuda de alguns de seus 55 filhos

Por Cleo Guimarães Atualizado em 26 ago 2020, 14h28 - Publicado em 26 ago 2020, 11h57

Nem todo mundo está entendendo o intrigante caso da pastora e deputada federal Flordelis, apontada como mandante da morte do próprio marido – que já foi um de seus 55 filhos (quatro biológicos e 51 adotados), e chegou a namorar a irmã antes de casar com a mãe.

Diretor de filme sobre Flordelis: “Enganado e arrependido”

Criador do perfil @bibsfirra, o pernambucano Gabriel Cavalcanti, de 25 anos, usou sua conta no Twitter para explicar, à sua maneira, o que conseguiu compreender. Suas postagens usam termos do vocabulário gay (mais especificamente, um dialeto praticado pela turma LGBT que acompanha séries voltada para esse público, como RuPaul’s Drag Race) e recapitulam, com muita ironia, o passo a passo do caso.

Caso Flordelis: PSD suspende filiação da deputada

“Sofro com a galera heterotop dizendo que a linguagem atrapalhou e eles não entenderam nada. Tem, literalmente, escrito, na primeira frase: ‘Ei, você, GAY’. O intuito era atingir este público”, explica o autor, que se aproxima das 100 mil curtidas neste post. Confira:

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade