Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Festas do Neymar: Mangaratiba descobre venda de comprovantes de residência

Documento é necessário para passar pelos bloqueios de entrada na cidade, que nesta terça (29) adotou novas medidas de prevenção à Covid-19

Por Cleo Guimarães Atualizado em 29 dez 2020, 17h47 - Publicado em 29 dez 2020, 14h18

Assunto fervilhante do momento, as festas de Neymar em Mangaratiba chamaram a atenção do mundo para a cidade – e a prefeitura está preocupada com a disseminação da Covid-19 neste fim de ano bem mais badalado que os anteriores. Por conta da movimentação atípica e da alta taxa de turistas no município, novas medidas de prevenção à contaminação foram determinadas nesta terça (29), terceiro dia da Neymarpalooza (como a série de festas do jogador vem sendo chamada pelos internautas).

Réveillon de Neymar: dez curiosidades sobre as festas do jogador

Festas públicas e queimas de fogos estão proibidas, e barreiras voltaram a ser montadas nas entradas da cidade. Somente moradores, trabalhadores e pessoas que já tenham reservas em hotéis ou pousadas poderão ultrapassar os bloqueios; documentos originais e com foto são exigência obrigatória nas barreiras.

Galvão Bueno sobre Neymar: ‘Este cidadão está agindo de forma absurda’

O motivo? A prefeitura descobriu que donos de propriedades no município repassaram (vendendo ou emprestando) seus comprovantes de residência a visitantes em bloqueios anteriores. “A necessidade da documentação original visa evitar novos casos da irregularidade”, afirma um comunicado oficial.

Búzios: prefeitura cancela quase 30 festas em cinco dias

A cidade na Costa Verde tem 41 mil habitantes e já registrou 1 736 casos confirmados de coronavírus e 50  mortes em decorrência da doença. A prefeitura explica que optou pelos bloqueios nas entradas do município para frear a propagação da Covid-19 “e evitar um possível colapso da rede municipal de saúde”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade