Continua após publicidade

Prontos para rir? A hilária dublagem de Elsa pelo comediante Paulo Vieira

Na Batalha do Lip Sync, novo quadro do Domingão com Huck, na Globo, ele contagiou a todos com sua performance do filme infantil Frozen, da Disney

Por Redação VEJA RIO Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 15 ago 2022, 18h30 - Publicado em 15 ago 2022, 18h16

A estreia do quadro Batalha do Lip Sync, no Domingão com Huck, na Globo, contagiou o público com a performance de Paulo Vieira, que levou o nome do humorista aos assuntos mais comentados do Twitter.  A dublagem de Livre Estou, música do filme infantil Frozen (2013), da Disney, arrancou gargalhadas de todos e selou a vitória do artista.

+ O motivo que levou Alcione a cancelar sua participação no Rock in Rio

No novo quadro do programa, famosos dublam músicas conhecidas do público em uma competição. Os artistas se enfrentam em duas apresentações, em um show com figurino, coreografia e dançarinos.

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:

No início de sua participação, Vieira já havia caído nas graças dos telespectadores ao apresentar Ralando O Tchan (A Dança Do Ventre), do É o Tchan, tendo sido acompanhado na coreografia por ninguém menos que Scheila Carvalho e Sheila Mello, que foram dançarinas do grupo baiano.

Continua após a publicidade

+ Enredo do Carnaval 2023, Arlindo Cruz ganha loja de produtos personalizados

O público ficou encantado e rasgou elogios ao artista nas redes. “Paulo Vieira é a melhor coisa que aconteceu na Globo em anos!”, escreveu a drag Duda Dello Russo em seu perfil no Twitter

Continua após a publicidade

+ Depois do Baile de Favela, Rebeca Andrade vira a número 1 do mundo em 2022

Paulo disputou com a atriz Letícia Colin, que dublou Ney Matogrosso em Homem com H e Britney Spears em Ooops!… I Did it Again.

Continua após a publicidade

+ Em vídeo: Anitta, Caetano e mais 40 artistas leem carta pela democracia

O artista dedicou a vitória à travesti Eloína dos Leopardos e a todas as drags e travestis do centro de São Paulo. “A gente não pode esquecer de onde vêm as coisas. Lip sync é arte delas”, frisou.

+ Pantanal tá on: áudio de Juma ganha nova fã, a modelo Candice Swanepoel

Continua após a publicidade

Na hora de Vieira receber o prêmio, no entanto, houve um momento desagradável. Luciano Huck pediu ao assistente Jorge Afonso que entregasse o cinturão de campeão — semelhante aos do UFC — ao humorista, que disse: “Tudo bem? Me serve isso? Obrigada, Deus lhe pague. Você quer me ajudar a vestir pra gente ter esse constrangimento?“.

+ Pedro Cardoso acusa diretora de roubar série criada por ele: veja o vídeo

Como não coube, o comediante emendou: “É, vou ter que usar é no braço.” Huck tentou entrar na piada: Acabou de ganhar uma pescoceira do Lip Sync!”, falou. Paulo continuou: “É no braço que bota, é smart watch”, cutucou.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.