Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Coronavírus: morre Dom Eusébio Scheid, arcebispo emérito do Rio

Cardeal, de 88 anos, testou positivo para Covid-19 há uma semana; "Ele entregou serenamente sua alma a Deus", anunciou a Arquidiocese

Por Cleo Guimarães Atualizado em 13 jan 2021, 18h12 - Publicado em 13 jan 2021, 18h11

“O arcebispo emérito do Rio de Janeiro, cardeal Eusébio Oscar Scheid, entregou serenamente sua alma a Deus após longo período de enfermidade, em São José dos Campos (SP), onde residia”. A Arquidiocese do Rio informou assim a morte de Dom Eusébio Scheid, no inicio da tarde desta quarta (13). O quadro respiratório do religioso, de 88 anos, já era delicado e piorou há uma semana, quando ele testou positivo para a Covid-19.

Coronavírus: Paes volta atrás e desiste de reabrir estádios para a torcida

O governador em exercício Cláudio Castro e o prefeito Eduardo Paes usaram suas redes sociais para lamentar a morte do cardeal e prestar homenagens. “Dom Eusébio trilhou um caminho importante para a história da Igreja, sendo um grande pastor na Arquidiocese do Rio. Sua missão foi marcada pela formação do clero e evangelização, alcançando assim muitos corações”, escreveu Castro.

Coronavírus: Rio tem novas medidas de flexibilização

Paes publicou uma foto a seu lado: “Com tristeza venho me unir aqueles que homenageiam o Cardeal Emérito do Rio, Dom Eusébio Scheid, que infelizmente faleceu hoje”, diz a legenda no Instagram do prefeito. Natural de Santa Catarina, Dom Eusébio foi transferido para a Arquidiocese do Rio em 2001, sendo promovido a cardeal em 2003 pelo Papa João Paulo II.  Em 2007, aos 75 anos, ele se aposentou e foi sucedido pelo atual arcebispo por Dom Orani Tempesta.

Continua após a publicidade
Publicidade