Clique e assine por apenas 4,90/mês

Coronavírus: Crivella ‘fecha’ ruas boêmias e reabre quadras nas praias

Trechos da Dias Ferreira (Leblon), Olegário Maciel (Barra) e Nelson Mandela (Botafogo), além da Praça Varnhagem, na Tijuca, terão 'fiscalização incisiva'

Por Cleo Guimarães - Atualizado em 17 jul 2020, 00h37 - Publicado em 16 jul 2020, 13h47

Quatro pontos com grande concentração de bares e restaurantes da cidade – as ruas Olegário Maciel, na Barra; Dias Ferreira, no Leblon; Nelson Mandela, em Botafogo, e a Praça Varnhagem, na Tijuca – serão parcialmente interditados para a movimentação de pedestres a partir desta sexta (17). Os dois primeiros foram lugares onde clientes, dentro e fora dos estabelecimentos, desafiaram fiscais da Vigilância Sanitária, em imagens que acabaram viralizando nas redes.

Academias: aprovado projeto de lei que proíbe cobrar multa por rescisão

As medidas foram anunciadas pelo prefeito Marcelo Crivella, que divulgou nesta quinta (16), a fase 4 do plano de retomada gradual das atividades na cidade. Também ficou determinada a reabertura de pontos turísticos da capital, com 1/3 da capacidade e distanciamento mínimo de 4m² por pessoa. A restrição parcial no fluxo de pessoas nas quatro áreas boêmias será feita “com fiscalização mais incisiva do lado de fora dos estabelecimentos”, explicou o superintendente da Vigilância Sanitária, Flávio Graça. A restrição tem como objetivo coibir as aglomerações nas calçadas – segundo Graça, sua equipe constatou que a aglomeração nestes pontos seria formada por pessoas que compram bebidas em outros estabelecimentos e bebem do lado de fora dos bares.

Coronavírus: donos de bares denunciam agressividade de fiscais

Continua após a publicidade

Crivella também anunciou que as quadras esportivas das praias estarão liberadas para uso de segunda a sexta, exceto em feriados. Assim, jogar vôlei, futevôlei e beach tennis nas areias deixa de ser proibido em dias úteis. Jogar altinho, no entanto, continua vetado. “Aí é lazer, não pode”, afirmou Graça.

O estacionamento nas vagas da orla também foi liberado. “Ele é muito utilizado pelas pessoas que moram nas ruas de dentro, aquelas vagas estavam fazendo falta”, disse o prefeito, que em momentos de certa euforia, comemorou a queda na curva de contágio na cidade. “Ela está caindo de forma vertiginosa”, disse. “A mão de Deus está nos ajudando”.

Covid-19: em UPAs do Rio, infecções caíram dez vezes em relação ao ápice

A fase quatro de reabertura, que começa nesta sexta (17), inclui também o aumento na capacidade de funcionamento do comércio de rua e dos shoppings, que agora podem operar com 2/3 de sua capacidade (até então, só era permitido 1/3). Lojas nas ruas estão autorizadas a abrir às 9h aos sábados, e ambulantes legalizados podem oferecer seus produtos em toda a cidade – exceto nas praias (barraqueiros com ponto fixo também estão vetados). Atividades culturais em ambientes abertos e fechados continuam proibidas.

Continua após a publicidade

Covid-19: Rio chega a mais de 134 mil casos confirmados da doença

Perguntado sobre a possibilidade de cancelamento do carnaval de rua e dos desfiles no Sambódromo, o prefeito disse que “nunca tocou neste assunto” com o comitê científico. “Não é hora de discutir isso ainda. Não temos ideia do que será do Réveillon nem do Carnaval”, afirmou. Crivella agradeceu a Deus por nove vezes durante sua fala, citou o Pai Nosso e, numa provocação à Rede Globo, parabenizou o repórter do SBT pela transmissão do Fla x Flu, na noite anterior, feita pela emissora: “Soube que deu mais de trinta pontos! Estão todos de parabéns!”. Veja abaixo todas as decisões tomadas nesta quarta fase de reabertura:

BARES, LANCHONETES ETC / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Lanchonetes, bares, quiosques, cafés, restaurantes, padarias, lojas de conveniência e congêneres, com mesas com espaçamento de 2 metros entre elas e preferência a espaços abertos, como varandas, passeios públicos,
afastamento frontal e estacionamentos. Permanece o limite de 50% da capacidade das mesas nos espaços internos e continua vedado o sistema self-service. Criação de 4 micropólos na Olegário Maciel, Dias Ferreira, Praça Varnhagem e Nelson Mandela, com bloqueio das extremidades para conter aglomerações.

CULTURA / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Venda de ingressos somente online ou caixas de auto atendimento. Drive in com restrição: veículos ocupados por 2 pessoas ou com ocupação máxima apenas no caso de membros da mesma família. Feirartes e feiras de artesanato abertas, somente produtos de artesanato, vedada a comercialização de alimentos e bebidas. Shows, cinemas e teatros continuam fechados.

ESPORTE E LAZER / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Centros de treinamentos esportivos abertos para treino, sem público. Competições esportivas com portões fechados. Piscinas abertas só para natação, vedado o compartilhamento de objetos. Clubes, associações, hipódromos, quadras de aluguel e congêneres abertos. Prática de lutas e artes marciais sem contato físico. Continuam fechadas as escolinhas de treinamento.

AMBIENTES AO AR LIVRE / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Praças e parques abertos, vedados aglomeração de pessoas. Praias (areia e mar) permitidas somente a prática de atividades esportivas individuais. Vilas olímpicas abertas. Prática de lutas e artes marciais sem contato físíco.
Vias públicas abertas para o funcionamento das áreas de lazer. Aulas de voo livre autorizadas. Esportes coletivos (de segunda a sexta) em quadras nas praias e lagoas. Vedadas atividades de entretenimento. Abertura dos estacionamentos da orla.

COMÉRCIO / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Lojas de comércio de rua, incluindo galerias e centros comerciais, podem abrir a partir de 11h e será limitada a
capacidade simultânea máxima de 4m² por pessoa ou 2/3 da capacidade. As lojas dos shoppings podem abrir das 12h às 22h, limitada a 2/3 de sua capacidade por pessoa, respeitando o distanciamento entre as pessoas, além da limitação da capacidade de estacionamento para 2/3. As praças de alimentação deverão respeitar as regras dos restaurantes. Abertura do comércio de rua aos sábados 9 horas.

AMBULANTES/ ABERTO
Aberto para os ambulantes legalizados. Exceto ambulantes fixos e itinerantes de praia.

SALÕES DE BELEZA, TATUADOR E ESTÉTICA / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Salão de beleza, barbearia e congêneres estão abertos: com agendamento, vedado atendimento por múltiplos
profissionais simultaneamente, capacidade máxima simultânea não ultrapassar a regra de 4m2 por pessoa. Serviços e depilação e tatuagem abertos Serviços de massagem, maquiagem e saunas permanecem fechados.

ACADEMIAS / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Abertas com agendamento e capacidade máxima simultânea de 4 m² por pessoa.
Atividades com restrições: Luta e dança, sem contatos físicos.
Crossfit: suspenso o uso de equipamento de difícil higienização, como pneu e corda naval.

SERVIÇOS / ABERTO
Escritório prestador de serviço, como por exemplo: contador, publicidade, advocacia, tecnologia de informação,
atividade de informática, comunicação, administração, imobiliária, aluguel de veículos, máquinas e equipamentos e congêneres. Horário de funcionamento das casas lotéricas de 8h às 18h

SAÚDE / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Consultórios e clínicas médica, odontológica, fisioterapeuta, clinica imagem e congêneres. Com agendamento, exceto situações de emergência. Restrição ao acesso de acompanhantes, exceto os acompanhantes legais.
Após procedimentos que produzam aerossóis, realizar limpeza terminal da área de atendimento.

EDUCAÇÃO / ABERTO COM RESTRIÇÕES
Creches e escolas municipais e particulares fechadas. Refeitórios das Escolas Municipais abertos. Universidades abertas somente para as atividades práticas das áreas de saúde.

CONSTRUÇÃO / ABERTO
As atividades de construção de casas e prédios, reformas, fundações em construções, construção naval e congêneres estão autorizadas a funcionar.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

 

Publicidade