Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Atriz tem iPhone furtado dentro do Fashion Mall: ‘Distraí por 30 segundos’

Dadá Coelho estava num quiosque de vinhos do shopping quando deu pela falta do celular; imagens das câmeras de segurança mostram a ação de um casal

Por Cleo Guimarães Atualizado em 11 jan 2021, 10h33 - Publicado em 8 jan 2021, 17h49

Trinta segundos. Este foi o tempo que a atriz Dadá Coelho deixou seu iPhone 11 sobre o balcão de um quiosque de vinhos no Fashion Mall, em São Conrado, na noite desta quarta (6). É pouco, mas foi suficiente para que furtassem o aparelho. Pá-pum. “Virei para pegar uma garrafa e, quando fui pegá-lo de volta, já não estava mais lá. Tinham levado”, conta a comediante, em cartaz no programa de humor A Culpa é da Carlota, no Comedy Central.

Camelôs que trabalham nos trens viram patrimônio imaterial do Rio

Dadá procurou um dos seguranças do shopping. Segundo o relato da atriz, ele disse não ser novidade o furto de celulares dentro do centro comercial, que até pouco tempo disputava o público de alta renda carioca com o Village Mall (na Barra) e com o Shopping Leblon. De acordo com a comediante, o segurança disse que é sabido que uma quadrilha de estrangeiros estaria atuando no Fashion Mall.

Coronavírus: Paes afirma que vacinação começará no dia 25 de janeiro

Imagens gravadas pelas câmeras mostraram a ação de um casal: a mulher pede informações e distrai a vendedora de vinhos, enquanto o homem, zapt, pega o celular de cima do balcão e sai andando. Os dois falavam espanhol e a moça tinha uma tatuagem na nuca, à mostra por conta de seus cabelos presos.

Coronavírus: há seis meses o Rio não registrava tantas mortes em um só dia

Dadá pretende processar o shopping, que se recusa a lhe repassar as imagens, e também a loja de vinhos onde o celular foi furtado. Procurado por VEJA RIO, o Fashion Mall enviou a seguinte nota: “O shopping center lamenta este episódio de furto. Segurança é prioridade para o empreendimento, que mantém equipes treinadas, monitoramento e tecnologias para garantir a segurança de clientes, lojistas e funcionários. Estamos à disposição das autoridades para ajudar nas investigações.”

Continua após a publicidade

Publicidade