Continua após publicidade

Quem foi Apolinho, radialista carioca que morreu de câncer aos 87 anos

Jornalista que fez história no rádio e foi ex-técnico do Flamengo chegou a ver os últimos gols do time na noite de quarta (15)

Por Redação
16 Maio 2024, 12h32

Já estava 4 a 0 para o Flamengo, aos 25 minutos do segundo tempo do jogo da noite nesta quarta (16), no Maracanã, quando o locutor Luiz Penido interrompeu a narração e começou a chorar, pediu desculpas aos ouvintes e anunciou, aos prantos, a morte do jornalista e radialista Washington Rodrigues, o Apolinho, torcedor doente e ex-técnico do Flamengo, que assistia à partida quando faleceu, conforme contou Penido.

+ 7 filmes para celebrar o rebelde Paulo César Pereio, morto aos 83 anos

O Apolinho tinha 87 anos e estava com câncer. Até seus últimos dias de vida chegou a participar das transmissões. Ele comandava o Show do Apolinho na Rádio Tupi, desde 1999, e era líder de audiência há mais de 20 anos. Assinava ainda a Geraldinos e Arquibaldos, no jornal carioca Meia Hora. A expressão impagável que dá nome à coluna foi uma das criações de Washington, entre seus bordões, assim como “briga de cachorro grande”.

Compartilhe essa matéria via:

“Meu querido amigo Apolinho. Não existe palavra para expressar o tamanho do vazio que fica com a sua despedida. Você foi um grande parceiro na minha vida profissional, mas a nossa amizade sempre foi muito além da latinha. A única coisa que eu posso fazer no momento é agradecer pelos momentos inesquecíveis ao seu lado. Obrigado, Apolo. Você é eterno no rádio e no coração de todos nós“, escreveu, em suas redes sociais, o locutor José Carlos Araújo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.