Últimos Dias em Havana

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

(Divulgação/Reprodução)

O diretor cubano Fernando Pérez faz uma crítica afiada (e comovente) de seu país na mistura de comédia e drama de Últimos Dias em Havana. São dois protagonistas de posições opostas. De um lado está o amargo Miguel (Patricio Wood), um cinquentão lavador de pratos que, contrário ao regime comunista, sonha em ir para os Estados Unidos. Na outra ponta encontra-se Diego (Jorge Martínez, na foto), um gay efusivo e com avançados problemas de saúde por causa do vírus da aids. Amigos, eles pouco se entendem. A decadência de Havana está espelhada em personagens envolvidos em conflitos simples, mas de pulsação realista. Direção: Fernando Pérez (Últimos Días en La Habana, Cuba/Espanha, 2016, 93min). 14 anos. M.B.Jr.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s