O Touro Ferdinando

Tipos de Gêneros dramáticos: Animação
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr

O livrinho ilustrado infantil O Touro Ferdinando, lançado em 1936, ganhou, dois anos depois, adaptação da Disney em formato de desenho animado. Mais de oito décadas após sua publicação, a história continua atual. A proeza é mérito do diretor brasileiro Carlos Saldanha (de A Era do Gelo e Rio), que faz da nova animação uma atração rica em detalhes. O fator fofura ressurge, sobretudo na primeira meia hora, quando o bezerro Ferdinando foge de um rancho de touros e, abalado pela morte de seu pai numa tourada, encontra abrigo, proteção e a companhia da garotinha Nina na fazenda do pai dela. Ao contrário de outros de sua espécie, Ferdinando é dócil e, por isso, recebe tratamento de um animal de estimação. Ele ama as flores e detesta violência. Ao esticar um texto literário curtíssimo, o roteiro tem uma “barriguinha”, compensada por ótimas sequências de ação e momentos comoventes. Direção: Carlos Saldanha (Ferdinand, EUA, 108min). Livre.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s