Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O insulto

Veja Rio:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Primeira indicação do Líbano ao Oscar, O Insulto é uma tentativa válida do diretor e roteirista Ziad Doueiri de emular a cinematografia do iraniano Asghar Farhadi (de A Separação e O Apartamento). Há na trama dois personagens em lados opostos, num impasse, “exigindo” que o espectador tome partido. Em Beirute, o mecânico Tony Hanna (Adel Karam), cristão libanês, casado e futuro pai, irrita-se com a atitude de um mestre de obras e, em troca, é xingado. Refugiado palestino, Yasser (Kamel El Basha, eleito o melhor ator no Festival de Veneza) não pede desculpa, e, em decorrência disso, o caso chegará aos tribunais. O realizador pesa a mão no conflito entre os protagonistas, e fica fácil, desde as primeiras cenas, identificar o lado frágil no embate. O toque original, contudo, é a opção por explorar diferenças e rivalidades raciais numa envolvente explosão de dramas íntimos e, ao mesmo tempo, universais. Direção: Ziad Doueiri (L’Insulte, Líbano/Bélgica/França/EUA, 2017, 112min). 14 anos.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.