Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ideia Fixa

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia romântica
Veja Rio:

Resenha por Rafael Teixeira

Roteirista com vasta experiência na televisão e no cinema, Adriana Falcão já havia, ainda que indiretamente, dado uma contribuição e tanto à cena teatral brasileira em 2000, quando seu livro A Máquina foi transposto para o palco pelo então marido João Falcão — em montagem que revelou Wagner Moura, Lázaro Ramos e Vladimir Brichta, entre outros. Agora, ela de fato estreia como autora de teatro com a comédia Ideia Fixa. Como há quinze anos, Adriana revela aqui a sua escrita lírica, alegórica e fantasiosa. Em cena estão duas mulheres sem nome, vividas por Silvia Buarque e Guta Stresser. Conforme a peça se desenrola, o espectador descobre que elas não são exatamente pessoas de carne e osso, mas algo como as suas consciências, ambas ainda apaixonadas pelo mesmo homem que as abandonou (interpretado por Rodrigo Penna). Presas em um espaço meio onírico, elas dialogam sobre a sua situação e a possibilidade de se libertarem. A direção de Henrique Tavares tira bom proveito da estrutura lúdica e poética do texto, reforçado pelo bom entrosamento entre Silvia e Guta. A cenografia evocativa de uma sala de espera estilizada e os figurinos de época, ambos de Ronald Teixeira, revestem o espetáculo de beleza e ainda sugerem visualmente o estado de imobilidade das duas mulheres.

    info
  • Duração: 60 minutos
  • Recomendação: 12 anos
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.