Dedo na Ferida

Tipos de Gêneros dramáticos: Documentário
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr

Em novo documentário, Dedo na Ferida, o realizador de Os Anos JK (1980) e Jango (1984) aborda os tempos atuais, sacudidos por desigualdade social, intolerância e fortalecimento de ideias de extrema direita. Em mais de 25 horas de filmagem, Silvio Tendler colheu depoimentos mundo afora, ouvindo nomes como o cineasta grego Costa-Gavras, o ex-ministro de Relações Exteriores brasileiro Celso Amorim e o intelectual português Boaventura de Sousa Santos. O filme foi eleito pelo público o melhor documentário no Festival do Rio 2017 (Brasil, 2017, 91min). Livre.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s