Amityville — O Despertar

Tipos de Gêneros dramáticos: Terror
Veja Rio:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

()

Desde Horror em Amityville, de 1979, a história da casa assombrada em Nova York ganhou duas continuações e um remake, todos inferiores ao original. Na nova (e dispensável) encarnação, Amityville — O Despertar, a família da adolescente Belle (Bella Thorne, na foto) enfrenta as vibrações ruins de assassinatos dos anos 70. Sem bons sustos, o caça-níquel não vale o replay. Direção: Franck Khalfoun (Amityville: the Awakening, EUA, 2017, 85min). 14 anos.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.