Amityville — O Despertar

Tipos de Gêneros dramáticos: Terror
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Desde Horror em Amityville, de 1979, a história da casa assombrada em Nova York ganhou duas continuações e um remake, todos inferiores ao original. Na nova (e dispensável) encarnação, Amityville — O Despertar, a família da adolescente Belle (Bella Thorne, na foto) enfrenta as vibrações ruins de assassinatos dos anos 70. Sem bons sustos, o caça-níquel não vale o replay. Direção: Franck Khalfoun (Amityville: the Awakening, EUA, 2017, 85min). 14 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s