RESTAURANTES

Programa noturno

A cozinha do histórico Albamar, à beira da Baía de Guanabara, voltou a funcionar no jantar com novidades no cardápio

Por: Fabio Codeço

comida ✪✪✪ | ambiente ✪✪✪✪ | serviço ✪✪✪

Tomás Rangel
(Foto: Redação Veja rio)

Depois de quatro anos sem abrir para o jantar, o Albamar, relíquia arquitetônica e gastronômica carioca, voltou a receber a clientela também à noite (com exceção do domingo). Em vigor desde 2 de junho, o novo horário permite a visita em momento menos concorrido do que o do almoço, sempre lotado. Além da vista do alto da torre histórica, para a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niterói e a Ilha Fiscal, ambas iluminadas, a incursão noturna brinda os presentes com o menu especial de camarão. Em cartaz até domingo (10), o cardápio montado pelo chef Luiz Incao exibe onze receitas a preços fixos: R$ 32,00 (entrada), R$ 68,00 (prato principal) e R$ 22,00 (sobremesa). Quem escolhe o percurso completo paga promocionais R$ 110,00. Entre as dicas de abre-alas, a panelinha de camarão ao molho de vinho branco é servida com rúcula e torrada. Adiante, é sugestão acertada o linguine aromatizado com manteiga de ervas, massa que chega à mesa ao lado de robustos camarões VG cobertos por molho de vôngole. Para terminar, prove o mil-folhas de chocolate meio amargo em calda de baunilha. Aviso: no domingo (10), o cardápio de Dia dos Pais trará sugestões como o bacalhau à gomes de sá (R$ 154,00), em porção para duas pessoas.

Praça Marechal Âncora, 186, Centro,2240-8428 (120 lugares). 12h/17h e 18h30/23h (dom. só almoço). Cc: todos. Cd: todos. Estac. Couvert: R$ 15,00 (individual). ⑤ ⑥ (R$ 60,00).www.albamar.com.br. Aberto em 1933. $$$

Fonte: VEJA RIO