DIVERSÃO

Onde ouvir música sem download

Cinco serviços de streaming de música para você ouvir seus mp3 e organizar playlists sem se preocupar com o armazenamento no celular

Por: Louise Peres - Atualizado em

Está de saco cheio de ocupar todo o espaço de armazenamento do celular com sua coletânea de músicas? Não tem paciência para criar playlists ou baixar suas faixas favoritas? Embalados pelo recém-lançamento do Spotify no Brasil, VEJA RIO listou cinco diferentes serviços disponíveis no Brasil para você ouvir mp3 a partir da nuvem e liberar espaço nos seus aparelhos eletrônicos. Alguns são pagos, outros totalmente gratuitos, cada qual com diferentes funcionalidades. Conheça abaixo cada um deles e decida o melhor para você. Depois é só instalar o aplicativo e subir o som.

Cloudbeat

www.cloudbeatsapp.com

cloudbeats.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A alternativa perfeita para liberar espaço no iPhone ou iPad dos aficionados por música. Precisa de espaço no celular? É só transferir suas faixas para um dos cinco serviços de armazenamento na nuvem compatíveis com o Cloudbeat: Dropbox, Google Drive, Box, SkyDrive ou Mediafire. Você vai deixar de sincronizar pelo iTunes, o software de gerenciamento de mídias da Apple, e ouvir tudo por streaming, direto da nuvem.

Vantagem: o modo off-line permite que você escute música mesmo sem estar conectado à internet.

Quanto custa: baixe na App Store da Apple por 4,99 dólares.

Deezer

www.deezer.com

deezer.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O funcionamento é simples: depois de criar sua conta, você abre o aplicativo no celular/tablet (ou ainda a versão web, no computador), baixa álbuns e cria playlists. A versão mais completa permite sincronizar as músicas com o aparelho e ouvir as canções off-line, sem interrupções ou anúncios. São 30 milhões de faixas.

Vantagem: o vasto catálogo de músicas transforma seu celular numa jukebox portátil. As playlists criadas pelos editores do serviço são uma ótima maneira de conhecer novos artistas.

Quanto custa: Paga-se uma assinatura mensal. A versão Premium custa 8,90 reais por mês. Já a opção Premium+, que permite ouvir as canções sem conexão com a internet, custa 7,49 por mês pelos primeiros 6 meses. Após esse período, o valor sobe para 14,90.

Grooveshark

http://grooveshark.com

grooveshark.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O serviço americano funciona como uma grande rádio online, onde é possível montar playlists com seus artistas e estilos musicais preferidos. Dá para ouvir pelo celular, usando o aplicativo mobile disponível para Palm, Android, BlackBerry, iPhone e Nokia.

Vantagem: é possível saber que músicas seus amigos estão ouvindo e, a partir das músicas que você escuta, receber playlists sugeridas pelo serviço.

Quanto custa: A assinatura mensal custa 5 dólares; já a anual sai por 50 dólares. Ambas são livre de anúncios. Há aplicativos para aparelhos Android e Apple.

Rdio

http://www.rdio.com

rdio.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Mesmo esquema: um imenso catálogo de músicas (cerca de 25 milhões de faixas), gratuitos nos primeiros seis meses para ouvir no computador, via website. Quer títulos ilimitados, para ouvir em qualquer lugar? Pague a mensalidade e tenha sua coletânea à disposição no celular ou no tablet. Vale o teste: por 14 dias, o serviço sai de graça.

Vantagem: também permite ouvir músicas off-line.

Quanto custa: 14,90 reais mensais pela assinatura ilimitada, para ouvir em aparelhos Android ou iPhone/iPad.

Spotify

www.spotify.com

spotify.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Através do webplayer ou de aplicativos de celular, o serviço chegou ao Brasil como um forte competidor nesse cenário de música via streaming: músicas ilimitadas, de graça, ao alcance das mãos. A única desvantagem são os anúncios: eles aparecem de repente, aleatoriamente, no meio das faixas.

Vantagem: é totalmente gratuito, e você depende apenas do convite de um amigo para experimentar a ferramenta.

Quanto custa: grátis.

Fonte: VEJA RIO