Crime

Dois adolescentes são condenados pelo assassinato do médico Jaime Gold

Um terceiro detido pelo crime será solto

Por: Redação VEJA RIO

Jaime Gold
(Foto: Reprodução)

A Justiça do Rio condenou, na última segunda-feira (29), por crime análogo ao latrocínio - roubo com morte - o primeiro e o terceiro adolescentes apreendidos por participação no assassinato do médico Jaime Gold, esfaqueado enquanto passeava de bicicleta na Lagoa, em maio. De acordo com a decisão judicial, o jovem de 16 anos detido dois dias depois do crime foi o autor das facadas que atingiram o ciclista. O garoto foi reconhecido pela única testemunha do caso e, segundo a Justiça. guiava a bicileta e carregava o terceiro adolescente no quadro.

+ Ataque a ciclista na Lagoa faz cariocas mudarem de hábitos

A juíza Michelle de Gouveia Pestana Sampaio (da 2ª Vara de Infância e Juventude) inocentou o segundo jovem detido. O rapaz também está numa unidade do Degase e será solto. A decisão judicial foi contra a vontade do Ministério Público, que havia pedido a condenação do primeiro adolescente e a absolvição dos outros dois. 

+ Polícia apreende adolescente suspeito de matar médico na Lagoa

+ Jovens acusados pela morte de médico na Lagoa voltam a ser ouvidos

 

 

 

 

Fonte: VEJA RIO