EDIÇÃO DA SEMANA

Beira-mar

Por: Sabrina Wurm - Atualizado em

Loura platinada do Arpoador

alinewebersalinas3.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Modelos costumam encarar o sol como um vilão terrível, algoz de manchinhas na pele e indesejadas marcas de biquíni. Talvez isso explique o sucesso que tem feito uma linha de produtos importados cuja indicação é deixar o cabelo com aquele aspecto clareado de quem andou se tostando na areia. O visual louro platinado exibido por Aline Weber na foto ao lado é resultado do uso desse tipo de spray. A imagem foi feita recentemente na Praia do Diabo, no Arpoador, para a campanha de verão de uma grife carioca. ?É o ideal para quem tem pouco tempo de ir à praia, como eu?, despista a beldade catarinense de 22 anos, radicada há cinco em Nova York. ?Dá um efeito incrível!? Não foram só as madeixas da moça que ganharam um tom diferente nesse ensaio à beira-mar. Como é fácil perceber, ela utilizou também um creme bronzeador nas pernas.

O homem que defendeu Cesar Cielo

029.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Advogado da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos há dez anos, o carioca Marcelo Franklin foi peça-chave na defesa do nadador Cesar Cielo, absolvido pela Corte Arbitral do Esporte depois de ser flagrado no exame antidoping pelo uso de furosemida. Coube a ele dar a boa notícia ao campeão olímpico, que está em Xangai (China), onde a equipe brasileira disputa o Mundial de Natação.

Como foi o desfecho? Eu, Cielo e os outros atletas envolvidos no processo nos reunimos no meu quarto de hotel. O resultado chegaria por e-mail às 5 da tarde, mas atrasou quinze minutos. Não tirávamos os olhos do laptop.

Cielo estava muito tenso? Nossa, muito apreensivo. Ele me pediu que passasse a notícia em código. Se a resposta fosse positiva, eu sorriria. Se fosse ruim, faria um sinal negativo com a cabeça.

Pensou em fazer uma brincadeira de mau gosto? Isso até me passou pela cabeça, mas, como eles são muito maiores que eu, achei melhor não correr risco.

E a comemoração? Foi uma gritaria só, com todo mundo se abraçando. Ele ficou com lágrimas nos olhos e disse que transformaria toda aquela angústia em energia para os próximos desafios.

Elenco dos sonhos entra em cena

teatrodulcina_lemos4.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Três grandes damas da dramaturgia brasileira foram convocadas para prestar um tributo à atriz, diretora e empresária Dulcina de Moraes (1908-1996), pioneira das artes cênicas no país. Intimamente ligadas à trajetória da homenageada, Marília Pêra, Bibi Ferreira e Nathalia Timberg estarão em Um Brinde a Dulcina, sessão exclusiva para convidados que marca a reinauguração do teatro com o nome da artista, na Cinelândia. No espetáculo, programado para a próxima terça (2), elas vão exibir trechos de entrevistas e peças da diva. ?Ela era a melhor amiga de minha mãe e madrinha de minha filha?, conta Bibi, que, em 1953, participou naquele palco da montagem de O Mistress Mine, de Shakespeare, e dirigirá a performance de agora. Nathalia, por sua vez, acha que a homenageada não tem o devido reconhecimento. ?Ela foi fundamental ao introduzir por aqui autores universais.?

Orações agora na internet

62239_gloria_severiano_ribeiro_g.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Uma das reuniões mais concorridas das altas-rodas cariocas tem se dado na internet. Católica fervorosa e anfitriã de cultos de oração em sua casa no Jardim Pernambuco, a socialite Glória Severiano Ribeiro agora escreve freneticamente em um novo blog, criado para trocar mensagens de fé com as amigas. Na terça passada (26), ela relatou sua visita à Basílica de Nossa Senhora Aparecida (SP). ?Foi a maior coincidência, cheguei no momento da reza do terço e fui convidada para ser uma das continhas no 2º Mistério da Luz?, digitou. ?Na meditação, coloquei todas vocês, incluindo as famílias.? O espaço sacrovirtual (rezandocomagloria.blogspot.com) foi aprovado com louvor pela matriarca da família, a empresária Maricy Trussardi, mãe da herdeira da rede de cinemas.

Passado glamouroso

marcio_alves_roiter.JPG
(Foto: Redação Veja rio)

Para encerrar o Congresso Mundial de Art Déco, que acontece na cidade na segunda quinzena de agosto, o idealizador do evento, Márcio Roiter, organiza um baile temático bem no clima dos anos 20 e 30, período de efervescência do estilo arquitetônico. Ele fez questão de um detalhe: a badalação, marcada para o dia 20, será realizada no restaurante Pérgula, do Copacabana Palace. O anfitrião abriu mão do salão nobre do hotel por uma razão especial: ele quer que os 120 convidados, grande parte deles de estrangeiros, possam vislumbrar, no decorrer da festa, o edifício anexo, a única construção do complexo totalmente fiel ao gênero enfatizado. Para recriar a atmosfera de época, Roiter pedirá a todos que estejam vestidos como nos tempos áureos do estilo. ?Minha roupa está separada: terno preto, blusa de colarinho alto e gravata-borboleta?, conta o arquiteto, que é presidente do Instituto Art Déco Brasil.

Fonte: VEJA RIO