EXPOSIÇÕES

Arjan Martins

Artista carioca faz sua primeira individual no MAM

Por: Rafael Teixeira

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Em Américas, sua primeira individual no MAM, Argentino Mauro Martins Manoel - ou apenas Arjan Martins, como assina seus trabalhos - explora um universo imagético que alude, em última instância, à questão da identidade, especialmente étnica. Com curadoria de Paulo Sérgio Duarte, a mostra reúne 32 peças do artista carioca (dezesseis acrílicas sobre tela e duas em madeira, além de catorze obras em papel) produzidas nos últimos quatro anos. Parte das expressivas criações em grande formato remete à cartografia, com referências aos fluxos migratórios do período colonial, notadamente os do tráfico de escravos africanos, além da presença de caravelas e plantas de navios negreiros. Em outro conjunto de obras, carregadas de austeridade, sobressaem intrigantes mulheres negras com a face obscurecida.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 11h às 18h. R$ 14,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e, na quarta, a partir das 15h, para todos. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 14,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 24 de agosto.

Fonte: VEJA RIO