O sertanejo invade a praia

Um roteiro pelos points que abraçaram o gênero do interior, em alta nas boates cariocas desde 2009. Veja onde curtir noites temáticas, shows e até os blocos de carnaval no ritmo da viola e do acordeon

Tem muito carioca trocando a roda de samba e o baile funk pelos embalos do estilo musical que, após tomar conta o Brasil, ganhou alcance mundial na voz de Michel Teló, com ?Ai Se Eu Te Pego?. O provável hit deste verão marca o momento em que a onda do sertanejo, que chegou em 2009 à cidade, ganha novo fôlego. Há três anos, a sensação era Victor e Leo. Em 2010, Luan Santana grudou na cabeça de todo mundo com o ?Meteoro da Paixão?. Hoje, além de Teló, o tchetchererê de Gusttavo Lima e outros hits sertanejos colocam a galera para dançar. Se antes o carioca torcia o nariz para o gênero, nos últimos dois anos o som do acordeon e das cordas do violão ganhou cada vez mais espaço nas grandes casas de shows, em boates onde funk, hip hop e música eletrônica reinam e até na agenda de blocos de rua do carnaval do Rio. ?É muito bom ver esse novo cenário, que surgiu em função de uma quebra de preconceitos que o carioca tinha e da renovação que o estilo teve nos últimos anos?, afirma Marcelo Vital, que produz duas festas e dois blocos de carnaval dedicados ao sertanejo no Rio.

Se você curte o som do interior e quer entrar nessa onda que invadiu nossa praia, confira o roteiro abaixo e se jogue!

SHOWS

Há tempos novos nomes da cena sertaneja batem ponto por aqui e lotam grandes casas de espetáculos com tanta facilidade quanto artistas como Zezé di Camargo & Luciano e Daniel. Desde 2009, já passaram pelo Citibank Hall, Victor e Leo, Bruno e Marrone, Cesar Menotti e Fabiano e o ídolo teen Luan Santana, que retorna à casa para dois shows, nos dias 2 e 3 de março. Michel Teló, o último fenômeno do sertanejo, vem à cidade pela primeira vez após o estouro no exterior nesta sexta (27), para se apresentar no Pier Mauá. Antes de partir em turnê pela Europa, o paranaense volta ao Rio no dia 7 de fevereiro para um show no Barra Music, casa recém-aberta na Zona Oeste que virou point dos jogadores de futebol.

sertanejo2.jpg

sertanejo2.jpg

Michel Teló

Abertura do MC Buchecha. 18 anos. Armazém 3 do Pier Mauá. Avenida Rodrigues Alves, 10, Centro. Informações, ☎ 9281-6801. Sexta (27), 23h. Mulheres: R$ 90,00. Homens: R$ 130,00. Ingressos à venda nas lojas Banco de Areia (shoppings Rio Sul e Leblon) e South (shoppings Tijuca, Ilha Plaza, Botafogo Praia Shopping e BarraShopping). http://www.ingressocerto.com.

Barra Music www.barramusic.art.br

O encerramento do Verão 2012 Barra Music traz Michel Teló. Avenida Ayrton Senna, 5.850, Barra da Tijuca, tel. 3303-1000. Terça (07), 0h. Pista Premium: R$ 50,00. Pista comum: R$ 30,00. Camarote VIP – Nível 1: R$ 700,00. Camarote Super VIP ? Nível 2: R$ 800,00. Ingressos pelo site http://www.ingressorapido.com.br ou nos postos oficiais de venda.

Citibank Hall www.citibankhall.com.br

Nos dias 3 e 4 de março, a casa recebe Luan Santana. Pré-venda exclusiva de clientes Citibank, Credicard e Diners na bilheteria da casa de espetáculos, pela internet (www.ticketsforfun.com.br), pelo telefone 4003-5588 e nos demais pontos de vendas do país. O público em geral poderá adquirir os ingressos a partir do dia 06 de fevereiro. Avenida Ayrton Senna, 3000 (Shopping Via Parque), Barra. Informações, ☎ 0300?7896846 (9h/12h).

NOITES TEMÁTICAS

sertanejo8.jpg

sertanejo8.jpg

Foi justamente uma boate onde funk, hip hop, música eletrônica dominavam as pistas a primeira a receber um projeto dedicado ao gênero interiorano em pleno Rio. Em 2009, o produtor Marcelo Vital viajava a trabalho pelo país e se surpreendia ao ver que, em várias cidades que visitava, o sertanejo era um estilo bem sucedido e aceito. ?Em todo lugar existia balada sertaneja. Era uma coisa cultural de cada região, mas que bombava, e pensei que poderia dar certo no Rio também?, diz ele. Após uma viagem a Ribeirão Preto, onde a viola e o acordeon ganhavam a preferência dos jovens num momento em que house e trance eram a moda, ele criou coragem para por a ideia em prática. ?Já gostava do gênero, então mesmo sem experiência alguma resolvi produzir nosso primeiro evento em abril daquele ano?, lembra. Foi o nascimento da Quintaneja no Zero Vinte Um, na época, um bar na Barra. A primeira edição reuniu 150 pessoas. Outras quatro festas depois, o público já somava 500 pagantes em um estabelecimento que comportava apenas 400. O jeito foi mudar de casa. ?Fomos para a Nuth, que daria mais estrutura para a festa crescer de acordo com o número de pessoas que passaram também a curtir o sertanejo?, explica.

Há dois anos no local, a noite Moda Sertaneja chega a atrair 1200 pessoas, quando a capacidade da casa é de 900. ?As pessoas ficam na fila, esperando outros sairem, para só então entrar?, conta Vital. O sucesso da festa fez com que ele e os sócios levassem o evento para a Zona Sul, buscando atender um público maior. Há dois anos, a Melt também sedia a Quartaneja, que recebe tanto novas caras do sertanejo, como Gusttavo Lima, quanto veteranos, como Leonardo.

Casas tipicamente cariocas, que têm outros ritmos como carro-chefe, como o Lapa 40° Sinuca e Gafieira, também abriram suas portas para a onda sertaneja. Toda quinta, o samba sai de cena e as canções românticas e cheias de bom humor ganham os salões do empreendimento de Carlinhos de Jesus. O resultado da noite Sertanejo 40°. tem sido positivo. ?Mesmo quando abro um show da Margareth Menezes, por exemplo, a rejeição do público hoje é bem menor comparada a uns anos atrás. Depois de umas duas músicas, as pessoas param para ouvir e curtem nosso som?, conta o cantor João Gabriel, que se apresenta quinzenalmente no Lapa. Com a popularização do estilo na cidade, ele, que é daqui e está na estrada há 18 anos, acredita que cada vez mais pessoas vão gostar de sertanejo. ?É um ritmo animado, contagiante, que levanta e conquista as pessoas?, diz ele.

sertanejo1.jpg

sertanejo1.jpg

Lapa 40° Sinuca e Gafieira www.lapa40graus.com.br

Às quinta, rola o Sertanejo 40°, com shows ao vivo. Rua Riachuelo, 97, Lapa, tel. 3970-1329. 22h. Mulheres R$ 20,00; Homens R$ 30,00. Próximas atrações: Fabiano & Bonatto (dia 2); Luiz Gustavo & Alessandro (dia 9); Charles & Juliano (dia 16); João Gabriel (dia 18, sábado especial de Carnaval, e dia 23).

Melt www.meltbar.com.br

Toda quarta é dia de Quartaneja! Rua Rita Ludolf, 4, Leblon, tel. 2249-9309. Homem: R$ 50,00 (com lista, até 23h, R$30,00. Após 23h, R$ 35,00). Mulher: R$ 25,00 (com lista, até 23h, VIP. Após 23h, R$ 15,00).

Nuth www.nuth.com.br

Toda quinta, festa Moda Sertaneja, com karaokê sertanejo, shows e djs. Dose dupla de cerveja e caipirinha até 23h. Avenida Armando Lombardi, 999, Barra. Informações pelo tel. 3575-6850

Zero Vinte Um Luxury www.zero21luxury.com.br

Sexta é dia de Sertanejo 021, com shows de sertanejo ao vivo e djs. Av. Armando Lombardi, 583, Barra, tel. 2491-8587. Mulher: Com lista, até 0h, VIP. Após, R$ 10,00. Homem: Com lista, até 0h, R$ 15,00 (bônus bar). Após, R$ 25,00.

Botequim Bate-Papo botequimbatepapo.blogspot.com

O bar, que fica na Cobal do Leblon, também tem sua Noite Sertaneja. Vinicio e Veriano e Fabianna Lima são as atrações. Rua Gilberto Cardoso s/n – Cobal do Leblon, tel. 2529-2110. Com nome na lista, couvert artístico: mulher R$ 10,00; homem R$ 15,00. Envie nomes para a lista para o e-mail botequimbatepapo@yahoo.com.br

BLOCOS

sertanejo3.jpg

sertanejo3.jpg

Depois de tomar as boates, o sertanejo foi parar nas ruas e entrou no ritmo do Carnaval. Em 2010, Marcelo Vital e os demais produtores da primeira festa sertaneja do Rio criaram o bloco de carnaval Chora, me liga, que saiu pela orla do Leblon arrebanhando cerca de 20 mil pessoas. O nome veio da música homônima, da dupla João Bosco e Vinícius, canção mais executada no país em 2009. Em 2011, o bloco triplicou o número de foliões. Já prevendo esse crescimento, ainda no último carnaval o grupo organizou outro bloco, na Barra. ?Desta vez, chamamos de E Daí?, a música mais executada em 2010, da dupla Guilherme e Santiago?, justifica Vital. E pra 2012? Rola um bloco Ai, Se Eu Te Pego? ?Não, acabaram as homenagens?, riu ele. ?Vamos consolidar esses dois e tá ótimo?, finaliza. Os dois blocos estão na agenda da cidade.

E Daí?

Sábado, dia 11 de fevereiro. Avenida Lucio Costa, após a ponte Lúcio Costa.

Concentração às 10h, saída ao meio-dia.

Em seu segundo ano, o bloco sai novamente na Barra, seguindo da ponte Lúcio Costa à Praça do Ó.

sertanejo6.jpg

sertanejo6.jpg

Chora, me liga

Domingo, dia 12 de fevereiro. Aterro do Flamengo Av. Infante Dom Henrique, em frente ao Coreto Modernista. Concentração às 10h, saída ao meio-dia.

O crescimento do bloco fez com que o desfile fosse transferido do Leblon para o Aterro do Flamengo neste terceiro ano. ?Mas estamos negociando a saída do Forte de Copacabana, para seguir a tradição e mantê-lo na orla, onde ele surgiu?, explica Vital.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s