Obras em áreas destruídas por temporal são concluídas na Floresta da Tijuca

Intervenções no Parque Lage, Cachoeira do Quedra e Vista Chinesa recuperam áreas destruídas pelo temporal de abril de 2010

Atingida por desmoronamentos que se seguiram durante o temporal de abril de 2010, a Floresta da Tijuca teve três obras de recuperação inauguradas nesta semana. Realizadas pela Geo-Rio, as intervenções custaram 10 milhões de reais incluem a contenção de encostas, drenagem e pavimentação . Na área do Parque Lage foi construído um muro de contenção com 56 metros de comprimento protegido por tela de alta resistência, capaz de aguentar até 15 toneladas. Também no Parque, uma cicatriz aberta em meio a vegetação está sendo reflorestada com o plantio de 500 espécies de mata nativa. Na Vista Chinesa, foi preciso instalar drenos no entorno do cartão postal, que otimizam o escoamento de água durante os temporais.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s