• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Rafael Teixeira

O espetáculo estrutura-se a partir do chamado Jogo do Gaulier, criado na École Philippe Gaulier, em Paris. Inicialmente, há uma apresentação dos tipos melodramáticos, como o sofredor, o apaixonado e o vilão, através de exercícios que estimulam os gestos típicos desses personagens. Após essa apresentação, iniciam-se jogos teatrais de improviso baseados no gênero melodramático. O público participa ativamente do espetáculo. Direção de Paulo Merísio.

Ficha técnica

Duração: 60 minutos

Recomendação: Livre

Publicidade

Publicidade