Claudia Melli

Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Rafael Teixeira

Os limites entre desenho e fotografia são, há alguns anos, objeto de investigação na obra da paulistana Claudia Melli. Na individual Lugares Onde Nunca Estive, essas fronteiras aparecem borradas. Enxuto, o acervo reúne dezessete trabalhos, sete deles inéditos. À primeira vista, as imagens sugerem um efeito de hiper-realismo, por vezes evocando a instantaneidade da fotografia no registro de objetos em movimento. A maior parte foi criada em nanquim sobre vidro, técnica pela qual a artista tem especial predileção. Alguns exemplares, produzidos mais recentemente, também incluem tinta acrílica — usada, por exemplo, no fundo azul de uma obra sem título da série Entre-Tempos, que mostra silhuetas de cavalos de carrossel.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s