Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Texto do português Valter Hugo Mãe ganha os palcos cariocas

Com direção de José Roberto Jardim, A Desumanização estreia no CCBB em 26 de agosto e terá curta temporada

Por Marcela Capobianco Atualizado em 20 ago 2021, 10h20 - Publicado em 20 ago 2021, 06h00

Inspirada no livro homônimo do português Valter Hugo Mãe, A Desumanização estreou em São Paulo em 2019 e foi bastante elogiada.

Após um atraso provocado pela pandemia, a peça desembarca no CCBB carioca para uma curta temporada a partir de 26 de agosto. Fernanda Nobre e Maria Helena Chira, dirigidas por José Roberto Jardim, dividem o papel de Halla, gêmea que perdeu a irmã na infância e precisou amadurecer sem a companhia da melhor amiga e confidente.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Vivendo numa cidade do interior da Islândia marcada pelo conservadorismo, a protagonista enfrenta situações de intolerância que a fazem rever as relações com a família e os amigos.

O palco é dividido em duas metades, com cenários espelhados. Num jogo de projeções, as atrizes contracenam com a própria imagem e entre si, mas sem se tocar.

Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Qua. a sáb., 19h. Dom., 18h. R$ 30,00. Ingressos pelo eventim.com.br. Até 26 de setembro.

Continua após a publicidade
Publicidade