Clique e assine por apenas 4,90/mês

Uma volta na Caixa Cultural: duas mostras que valem a visita

Raras colagens do pintor francês Henri Matisse encantam os visitantes

Por Renata Magalhães - 2 dez 2017, 16h35

 Henri Matisse — Jazz. Mesmo que sejam poucas as obras, isso não diminui em nada a relevância da mostra. Em cartaz estão vinte pranchas feitas por Henri Matisse para o livro Jazz, de 1947. O compilado reúne colagens do pintor, que se inspirou em contos populares e no circo. Bom exemplo, Os Codomas (foto) retrata um famoso número de trapézio da época. Também na exposição, um vídeo descreve o processo de criação do artista e mostra o pintor já na fase final desse trabalho, quando um câncer o levou à cadeira de rodas.

Acervo IPHAN/Divulgação

 A Construção do Patrimônio. É inegável a importância das obras na exposição que celebra os oitenta anos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). São 150 itens, divididos em doze ambientes, incluindo quadros, esculturas, fotografias e documentos raros. No percurso, vale destacar os registros fotográficos de estrangeiros como Pierre Verger e Marcel Gautherot (foto), além das esculturas de Mestre Vitalino, com forte inspiração no Nordeste.

› Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 22 de dezembro.

Publicidade