Continua após publicidade

Vamos ao teatro! Estreia de Débora Falabella e mais peças para ver no Rio

São os últimos dias para ver Bruce Gomlevsky no musical Raul Seixas e os espetáculos Puppet Fiction, Tebas Land e Eu-Ana, entre outros

Por Kamille Viola
Atualizado em 26 abr 2024, 18h46 - Publicado em 26 abr 2024, 18h17

Aos Sábados

Com texto de Adyr de Paula e direção de Danilo Salomão, a peça aborda a relação entre Jandira (Nedira Campos) e as suas duas filhas, Malu (Isabel Castello Branco) e Regina (Nina da Costa Reis), com encontros ao longo de 25 anos, sempre aos sábados. As personagens se veem às voltas com lembranças e causos, culminando com a descoberta do Alzheimer pela matriarca. A narrativa enfatiza o afeto e os aspectos emocionais desse laço, abordando a doença em uma perspectiva de superação.

Teatro Fashion Mall. Sala 1. Estrada da Gávea, 899, São Conrado. Sáb. e dom., 19h. R$ 35,00 a R$ 90,00. Ingressos pelo Sympla. Até domingo (28).

Baseado Em Uma História Real

Com direção de Carolina Pismel, o espetáculo é o primeiro solo do ator Paulo Verlings, que também assina a dramaturgia. A peça reflete sobre as mentes psicopatas por meio da história do médico legista Agenor, que recebe a visita de uma famosa cantora pop em busca de locação nada usual para um clipe. A montagem conta com a participação em off (apenas a voz) de Marco Nanini, como o personagem na sua fase mais velha.

CCBB. Teatro III. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Qui. a sáb., 19h30. Dom., 18h30. R$ 15,00 a R$ 30,00. Ingressos pelo site do CCBB. Até 19 de maio.

EuAna

Inspirado no conto Ana Davenga, de Conceição Evaristo, o primeiro espetáculo criado pelo Coletivo Gozo-Pranto recria a história Ana Davenga por meio dos sonhos, memórias e conflitos das atrizes: a história da personagem é atravessada pelas das atrizes. Em cena, vemos Ana em meio às questões atuais das mulheres negras de favela. A direção é de Cátia Costa e a dramaturgia é assinada por Jéssica Barreto e pelas atrizes do coletivo, que também compõem o elenco: Amanda Gomes, Iasmin Lara, Joyce Araujo e Lore.

Teatro Gonzaguinha. Rua Benedito Hipólito, 125, Centro. Qui. a sáb., 19h. R$ 15,00 a R$ 30,00. Ingressos pelo Rio Cultura. Até sábado (27).

Continua após a publicidade

A Inquilina

Com texto da americana Jen Silverman e direção de Fernando Philbert,  espetáculo gira em torno de duas mulheres com mais de 50 anos (vividas por Carolyna Aguiar e Luisa Thiré) que querem dar uma virada em suas vidas. Tão diferentes e com histórias tão distintas — uma mora no interior; a outra, na cidade grande —, elas têm em comum a solidão nas dores e delícias de estarem nessa fase da vida, sem a demanda de filhos e de um casamento. Participação especial em off de Lucas Drummond.

Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra. Sáb., 20h. Dom., 19h. R$ 30,00 a R$ 60,00. Ingressos pelo Sympla. Até domingo (28).

Kafka e a Boneca Viajante

O livro que dá nome à peça, do espanhol Jordi Sierra i Fabra, conta que o escritor checo, já no fim da vida, doente, teria encontrado uma menina chorando porque havia perdido sua boneca. Ele diz à garota que o brinquedo havia viajado, e passa a encontrá-la regularmente para entregar cartas sobre as aventuras da boneca pelo mundo. Isso o teria estimulado a voltar a escrever. A história, nunca comprovada, foi adaptada para o musical, com dramaturgia de Rafael Primot e direção de João Fonseca, além de Alessandra Maestrini (Brígida, a boneca), Carol Garcia (Rita, a menina), André Dias (Sr. K, Kafka, e soldadinho de chumbo) e Lilian Valeska (Dora e Gaivota) no elenco.

Teatro Clara Nunes. Shopping da Gávea. Rua Marquês de São Vicente, 52. Sex. e sáb., 20h30. Dom., 19h. R$ 19,50 a R$ 140,00. Ingressos pelo Sympla. Até domingo (29).

Prima Facie

Continua após a publicidade

Escrita pela australiana radicada em Londres Suzie Miller e sucesso em diversos países, a peça chega ao Brasil em versão inédita, dirigida por Yara de Novaes e protagonizada por Débora Falabella, no primeiro solo de sua carreira. Ela é Tessa, uma mulher de origem pobre que hoje [e uma bem-sucedida advogada. Com acusados de violência sexual entre seus clientes, ela entra em crise, revendo seus valores e princípios, além de refletir sobre o sistema judicial, a condição feminina e o poder. O nome da peça vem de uma expressão usada no meio jurídico para se referir a fatos que, se não forem refutados, são suficientes para provar determinada reivindicação.

Teatro Adolpho Bloch. Rua do Russel, 804, Glória. Qui. a sáb., 20h. Dom., 18h. R$ 25,00 a 150,00. Ingressos pelo Sympla. Ensaios abertos de 26, 27 e 28 de abril. De 2 de maio a 23 de junho.

Puppet Fiction — Contos Improvisados

O espetáculo de improviso da Cia Teatral Baby Pedra e o Alicate traz um escritor falido, representado por um boneco (puppet), que é pressionado por seu chefe a escrever um conto, mas tem um bloqueio criativo. Angustiado, ele pede ajuda à plateia para que consiga finalmente escrever seu texto e mudar sua malsucedida trajetória. A partir de sugestões do público, as histórias que compõe o espetáculo são criadas no momento, na interação entre atores, bonecos e música.

Teatro Poeirinha. Rua São João Batista, 104, Botafogo. Qui. a sáb., 20h. Dom., 19h. R$ 30,00 a R$ 60,00. Ingressos pelo Sympla. Até domingo (28).

O Que Vão Dizer de Nós

Inspirado na clássica La Ronde, de Arthur Schnitzler, a peça mergulha no universo LGBTQIAPN+ e traz os atores Michel Blois e Thiago Catarino se revezando em dez personagens. Sob a direção de Luisa Friese, que também assina a dramaturgia, e Miwa Yanagizawa, o espetáculo mostra o choque cultural entre diferentes classes sociais, que se entrelaçam em encontros amorosos casuais.

Continua após a publicidade

Teatro Sérgio Porto. Rua Humaitá 110 (entrada pela rua Visconde Silva). Qui. a sáb., 20h. Dom., 19h. R$ 10,00 a R$ 20,00. Ingressos pelo Rio Cultura. Até 12 de maio.

Raul Seixas — O Musical

Leonardo da Selva mergulhou em manuscritos do artista para escrever o espetáculo, também dirigido por ele. Em cena, Bruce Gomlevsky é Raulzito (1945-1989), como o cantor e compositor era chamado, durante uma noite de insônia. Enquanto compõe, ele faz reflexões sobre sua obra, seus afetos, sua ética, o papel do artista na sociedade e o Brasil. A trama é pontuada por vinte músicas do artista, interpretadas ao vivo por Gomlevsky e os cinco músicos que o acompanham no espetáculo sobre Renato Russo, há 18 anos em cartaz.

EcoVilla Ri Happy. Rua Jardim Botânico, 1008. Sex. e sáb., 20h. Dom., 19h. R$ 50,00 a R$ 100,00. Ingressos pelo Eventim. Até domingo (28).

Tebas Land

Sob direção de Victor Garcia Peralta, a premiada peça escrita pelo uruguaio Sergio Blanco é uma autoficção que acompanha o encontro de homens de universos totalmente distintos, interpretados por Otto Jr. e Robson Torinni: um parricida e um dramaturgo que quer escrever a história do crime. É o ponto de partida para abordar temas como a importância da paternidade, falta de afeto, solidão, famílias disfuncionais e a falência dos sistemas prisionais.

Teatro Poeira. R. São João Batista, 104, Botafogo. Qui. a sáb., 20h. Dom., 19h. R$ 40,00 a R$ 80,00. Ingressos pelo Sympla. Até domingo (28). 

Continua após a publicidade

Têmpora

Idealizado, escrito e dirigido por Simone Kalil, o espetáculo gira em torno de três irmãos (uma cientista, um filósofo e um terapeuta holístico). Enquanto a mãe deles, que tem Alzheimer, está em um quarto, em outro está a esposa da cientista, dando à luz em um parto humanizado que dura 24 horas. A narrativa é permeada pela presença de Iroko, Orixá do Tempo, interpretada por uma mulher negra que traz sabedoria por meio de provérbios africanos.

Sesc Tijuca. Rua Barão de Mesquita, 539. Qui. a sáb., 19h. Dom., 18h. R$ 7,50 a R$ 30,00. Ingressos somente na bilheteria. Até domingo (28).

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.