Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

O show tem que continuar: o que vem por aí na cena musical carioca

O que vem por aí na cena musical carioca

Por Marcela Capobianco Atualizado em 20 ago 2021, 10h20 - Publicado em 20 ago 2021, 06h00

Pouco a pouco, a agenda presencial vai sendo retomada. Confira os próximos destaques:

JClub
O aconchegante espaço da Casa Julieta de Serpa vai receber diferentes gerações da MPB em setembro. Amigos de longa data, Moreno Veloso e Bem Gil — cujos sobrenomes dispensam contextualização — cantam juntos no dia 2.

O repertório é todo autoral: canções de Bem, como Sereno e Presente de Natal, se entrelaçam a criações de Moreno, como Não Acorde o Neném.

João Bosco (foto) fará seu primeiro show presencial em tempos de pandemia no dia 9, colocando sob os holofotes o recém-lançado disco Abricó-de-Macaco. O paulista Marcelo Jeneci é a atração do dia 16 de setembro.

Praia do Flamengo, 340, Flamengo. R$ 80,00. Ingressos pelo sympla.com.br. http://www.julietadeserpa.com.br/jclub.

Matriarcas do Samba
Matriarcas do Samba: herança musical corre pelas veias das artistas Diego Mendes/Divulgação

Teatro Rival
A casa da Cinelândia promove a primeira apresentação presencial do grupo Matriarcas do Samba (foto) em tempos de pandemia, em 27 de agosto.

Formada por Nilcemar Nogueira, neta de Cartola, Geisa Ketti, filha de Zé Keti, Vera de Jesus, neta de Clementina de Jesus, e Selma Candeia, filha de Candeia, a banda homenageia não só o próprio DNA, como o ritmo que ganhou o mundo, trazendo os clássicos A Voz do Morro, Alvorada e Preciso Me Encontrar.

Continua após a publicidade

Canções de Zeca Pagodinho, Almir Guineto e Xande de Pilares completam o repertório. Tia Surica, baluarte da Portela e madrinha do grupo, é aguardada para uma canja.

Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia. Sex. (27), 19h30. R$ 70,00. Ingressos pelo sympla.com.br. http://www.teatrorivalrefit.com.br.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Jorge Aragão
Jorge Aragão: show passeia por momentos intimistas e impactantes, com a banda ./Divulgação

Vivo Rio
É no dia 28 de agosto: o sambista Jorge Aragão (foto) vai compartilhar com o público o projeto de inéditas Jorge 70. Durante a apresentação, ele alterna momentos intimistas, munido do cavaquinho e da poderosa voz, com intensas trocas com a banda.

Em 10 de setembro, é a vez de Teresa Cristina finalmente reencontrar os fãs após a revolução que viveu na carreira em plena pandemia. Dirigida por Paulão Sete Cordas, a rainha das lives promete manter o clima descontraído que estabeleceu nas redes.

A setlist passeia por canções autorais, como Candeeiro e Cantar, e músicas de amigos e ídolos.

Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. A partir de R$ 100,00. Ingressos pelo eventim.com.br. http://www.vivorio.com.br.

Continua após a publicidade
Publicidade