Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Do samba ao soul: três shows para assistir pela internet

A cantora Dorina vai se juntar a outras sete artistas para uma roda de samba em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, no dia 7 de março

Por Marcela Capobianco Atualizado em 19 fev 2021, 09h44 - Publicado em 19 fev 2021, 06h00

Como a maioria das casas de shows do Rio permanece fechada, artistas dão um jeito de mostrar seus trabalhos através de lives bem produzidas e elaboradas. Confira as nossas dicas.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Muxima Muato.

Integrantes da banda Muxima Muato, as cantoras Dorina, Nina Rosa e Bia Aparecida e as instrumentistas Georgia Câmara, Carol D’Ávila, Yasmin Alves e Samara Líbano se reúnem no Parque das Ruínas, em Santa Teresa, para uma roda de samba em comemoração do Dia Internacional da Mulher. O repertório passa por canções autorais, do primeiro EP do grupo, e clássicos da vanguarda feminina do samba e da MPB.

7 de março, 16h. Grátis pelo canal do YouTube da produtora Fitamarela.

Continua após a publicidade

O Que Sobrou do Céu.

O sobrenome não nega. O músico Theo Bial, filho do apresentador Pedro Bial, vem mostrando uma extrema sensibilidade em composições autorais, além de talento no violão. Ele
convoca a parceira Quel para a apresentação do show O Que Sobrou do Céu, cujo repertório vai da MPB ao soul.

23 de fevereiro, 20h. R$ 20,00. Ingressos pelo teatropetragold.com.br. 

Gesto Bruto.

Ator e diretor, o artista Victor Seixas está lançando seu primeiro disco, Gesto Bruto. A apresentação de estreia vai contar com participações da orquestra Foli Griô e da cantora potiguar Juliana Linhares, da banda Pietá. A maioria das músicas flerta com temas LGBT+.

18 de março, 20h. R$ 20,00. Ingressos pelo teatroprudential.com.br.

Continua após a publicidade
Publicidade