Clique e assine por apenas 4,90/mês

“Romeu e Julieta” reúne Shakespeare e Marisa Monte com elegância

Guilherme Leme Garcia assina a direção e a concepção do musical

Por Guilherme Scarpa - Atualizado em 13 abr 2018, 17h42 - Publicado em 13 abr 2018, 13h47
Bábara Sut e Thiago Machado dão vida aos protagonistas do espetáculo Felipe Panfili/Divulgação

Romeu e Julieta. A adaptação de clássicos do teatro é prática comum nos palcos, tentadora até, mas capciosa. Daí a agradável surpresa de constatar que Guilherme Leme Garcia encara Shakespeare e se sai bem. Com produção suntuosa, e de maneira elegante, o diretor transforma a mais notória peça do autor inglês em um musical jovem. Um time de respeito assina cenário (Daniela Thomas), figurino (João Pimenta) e iluminação (Monique Gardenberg e Adriana Ortiz).

É interessante a interação da trama com o repertório romântico de Marisa Monte usado na trilha sonora — o remix que une Esqueça a Já Sei Namorar, na cena do baile, quando os protagonistas se conhecem, é um dos acertos ouvidos, assim como Amor I Love You na sequência do balcão.

Thiago Machado e Bárbara Sut (na foto) são bons cantores, mas ele se destaca na interpretação. No elenco, aliás, o desafio de enfrentar diálogos shakespearianos resulta em altos e baixos. Já Ícaro Silva (Mercuccio) e Stella Maria Rodrigues (Ama) dão um show em cena (120min). Livre.

Teatro Riachuelo. Rua do Passeio, 40, Cinelândia. Sexta, 20h; sábado, 16h e 20h; domingo, 18h. R$ 50,00 a R$ 160,00. Até 27 de maio.

Publicidade