Clique e assine por apenas 4,90/mês

Quatro espetáculos solo estão de volta ao circuito teatral carioca

Rafael Portugal, Rose Germano, Fabricio Moser e Luiz Machado reestreiam montagens

Por Renata Magalhães - Atualizado em 2 ago 2018, 12h17 - Publicado em 30 jul 2018, 08h00
jorge_bispo_1372.jpeg
Jorge Bispo/Divulgação

Eu Comigo Mesmo. Um dos integrantes do canal de humor Porta dos Fundos, Rafael Portugal mostra que também pode fazer rir fora do coletivo. O espetáculo de stand-up comedy com texto e direção dele resgata histórias curiosas de sua juventude na Zona Oeste (60min). 14 anos. Teatro das Artes. Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 60,00 a R$ 70,00. Até 2 de setembro. Estreia no sábado (4).

Renato Mangolin/Divulgação

Frida Kahlo – A Deusa Tehuana. Rose Germano estrela o monólogo dramático inspirado na pintora mexicana Frida Kahlo. Não se trata de uma peça biográfica tradicional: a dramaturgia, assinada pela própria Rose em parceria com o diretor Luiz Antonio Rocha, é livremente baseada nos diários e na obra da artista (60min). 16 anos. Teatro Eva Herz. Rua Senador Dantas, 45, Centro. Quinta a sábado, 19h. R$ 50,00. Até 29 de setembro. Reestreia na quinta (2).

Raique Moura/Divulgação

Laura. Criação do ator e diretor Fabricio Moser, o solo autobiográfico conta a história de sua avó, assassinada quando ele tinha nove meses de vida por um desafeto amoroso (80min). 16 anos. Sala Municipal Baden Powell. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana. Sábado a segunda, 19h. R$ 40,00. Até o dia 27. Reestreia no sábado (4).

Ricardo Brajterman/Divulgação

Nefelibato. No monólogo dirigido por Fernando Philbert, Luiz Machado interpreta um personagem que chega ao limiar da loucura após o confisco de suas economias. Texto de Regiana Antonini (60min). 14 anos. Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra. Sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 40,00. Até o dia 26. Reestreia no sábado (4).

Publicidade