Clique e assine por apenas 4,90/mês

Primeira produção do Nós do Morro volta a ser encenada

Três décadas após sua estreia, peça "Encontros" ganha uma nova versão na sede do grupo no Vidigal

Por Renata Magalhães - 28 Maio 2018, 08h00

Cansado de ver projetos culturais que não se adaptam à realidade das favelas por ser desenvolvidos longe daquele ambiente, o jornalista Guti Fraga criou, com moradores do Vidigal, uma proposta de formação local para despertar o interesse pelo teatro. Em 1986, nascia o grupo Nós do Morro, cuja primeira montagem estreou no ano seguinte. Após três décadas, o coletivo revisita a dramaturgia de Luís Paulo Corrêa e Castro em Encontros, 32 Anos Depois, uma releitura assinada por Fabrício Santiago em parceria com Álamo Facó. Em cartaz a partir de quinta (31) na sede do grupo, a trama aborda o cotidiano de adolescentes daquela favela durante a década de 80 (70min). 14 anos. Rua Doutor Olinto de Magalhães, 54, Vidigal. Quinta a domingo, 20h. R$ 10,00. Até 10 de junho. Estreia prevista para quinta (31).

Publicidade