Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Premiação celebra o melhor da arte contemporânea no Museu Histórico

Três exposições ficam em cartaz no casarão, apresentando mais de vinte artistas de diferentes gerações

Por Renata Magalhães 16 jul 2018, 08h00

Em sua sexta edição, o Prêmio CNI Sesi Senai Marcantonio Vilaça celebra a produção contemporânea em três exposições no Museu Histórico Nacional. A partir de sexta (20), a mostra Artistas Premiados apresenta trabalhos de Daniel Lannes, Jaime Lauriano e Pedro Motta (autor da fotografia Naufrágio Calado #6, acima). Na mesma data, Verzuimd Braziel — Brasil Desamparado, do curador Josué Mattos, reúne outros dezessete artistas; enquanto A Intenção e o Gesto homenageia o cearense Sérvulo Esmeraldo. Praça Marechal Âncora, s/n°, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. Grátis. Até 16 de setembro. Abertura na sexta (20).

Publicidade