Clique e assine por apenas 4,90/mês

Pesquisa revela quais são as melhores salas de cinema da cidade

Avaliação feita por VEJA RIO analisou 30 salas em diferentes áreas da cidade

Por Redação Veja Rio (com reportagem de Carolina Barbosa) - Atualizado em 2 jun 2017, 12h17 - Publicado em 9 jan 2016, 00h01

O apagar das luzes é a senha para o começo do espetáculo. Com as imagens na tela e o som envolvente, é impossível não prestar atenção na história. Assim funciona a magia do cinema, que arrasta regularmente milhares de cariocas às salas de exibição da cidade. Em meio a campeões de bilheteria da temporada de verão, como Star Wars — O Despertar da Força, e às vésperas da divulgação da lista dos indicados ao Oscar, no dia 14 (a premiação acontece em 28 de fevereiro), VEJA RIO se propôs a conferir o padrão de qualidade das salas cariocas. Em um levantamento exclusivo que levou em conta a qualidade da imagem e do som, o conforto oferecido aos espectadores, a presença dos itens essenciais de segurança e a acessibilidade para portadores de deficiência, avaliamos trinta salas localizadas no Centro e nas zonas Sul, Norte e Oeste. O padrão de atendimento dos funcionários e as opções disponíveis na bonbonnière também foram observados, embora tivessem tido menor peso na contagem final.

As visitas aos cinemas foram realizadas entre 18 e 28 de dezembro. A reportagem frequentou as sessões nos horários de pico, visitando as principais salas de cada complexo. O roteiro incluiu desde espaços administrados por grandes redes até os dedicados ao chamado cinema de arte. As salas premium foram avaliadas separadamente (confira o quadro na pág. 22). Levando em conta a soma de pontos, destacaram-se no ranking as salas do Cinemark Downtown, que acumulou 38,2 pontos de um máximo de 50 possíveis no teste. Logo em seguida vieram o Estação Net Rio, com 37,5, e o Kinoplex Via Parque, com 35,3. No outro extremo do levantamento, ficou o Cinépolis Lagoon, com 18,75 pontos, o pior desempenho entre os avaliados. No dia do teste,  26 de dezembro,  o complexo estava com o piso do hall de entrada sujo de pipoca e com poças de água. Durante a sessão das 18h45, na sala 4, as luzes de emergência no corredor não foram acesas. “Eu mesmo faço as inspeções quinzenais, e é certo que os problemas constatados já foram resolvidos”, diz Rafael Cordeiro, gerente regional do complexo. Confira o resultado completo da pesquisa aqui.

Cine Museu da República
Cine Museu da República
Kinoplex Via Parque
Kinoplex Via Parque
Espaço Itaú de Cinema
Espaço Itaú de Cinema
Cine Odeon
Cine Odeon
Estação Net Rio
Estação Net Rio
Infográfico
Infográfico
Infográfico
Infográfico

É um luxo só

Salas premium oferecem versão refinada do bom e velho cinema

Certos mimos na hora de assistir a um filme podem fazer toda a diferença. Um assento mais macio e espaçoso, uma sala de espera exclusiva e um cardápio com comidinhas mais sofisticadas são alguns deles. É justamente nisso que as salas premium do Rio apostam para atrair um espectador que se dispõe a pagar mais pelo ingresso. Praticamente todas as grandes redes de cinema oferecem serviços desse tipo, que atendem por nomes como De Lux (UCI), Platinum (Kinoplex) e Prime (Cinemark). Em geral, a diferença começa já na bilheteria, que conta com um espaço especial para atender o público. Numa das salas, os espectadores vips recebem até uma pulseirinha prateada. A pipoca ganha acompanhamentos inusitados, como azeite aromatizado com alho, pesto, pimenta, e é servida em bandejas com lenços umedecidos para a limpeza das mãos. O cardápio ainda esconde delícias como petit gâteau e brownies, além de drinques, vinhos e outras bebidas. É claro que toda essa pompa tem seu preço. Para visitar um desses cinemas de luxo, é preciso desembolsar, no mínimo, 40 reais. Porém, o ingresso pode chegar a 60 reais no caso de exibições 3D, de acordo com o local e o dia da semana.

Cinemark Village Mall
Cinemark Village Mall

 

Publicidade