Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pela internet: grandes companhias teatrais investem em espetáculos on-line

Continuação da bem-sucedida experiência cênica de 2020, Parece Loucura Mas Há Método — A Dois, da Armazém, vai até 26 de setembro

Por Marcela Capobianco Atualizado em 17 set 2021, 10h23 - Publicado em 17 set 2021, 06h00

Vencedora dos prêmios APCA (melhor espetáculo) e Shell (melhor texto), Pessoas Perfeitas, da trupe paulistana Os Satyros, foi transposta para a web sem perder o brilho. Construído a partir de entrevistas com moradores anônimos da megalópole, o texto aborda a perda da identidade nas grandes cidades e o medo da solidão. O acesso é gratuito, pela Sympla, às sextas e sábados, 21h, e domingos, 20h.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continuação da bem-sucedida experiência cênica de 2020, Parece Loucura Mas Há Método — A Dois, da Armazém Companhia de Teatro, vai até 26 de setembro. Num tablado digital, quatro duplas de personagens shakes­pea­ria­nas se enfrentam num jogo dramático e o público define o vencedor. Os embates são aos sábados e domingos, a partir das 20h, também pela Sympla.

Atores do Coletivo Preto, que acabam de ganhar o Prêmio APTR com o espetáculo Negra Palavra — Solano Trindade, estrelam Pelada, pelo app Zoom, até 26 de setembro. Na história, vizinhos do subúrbio carioca se veem às voltas com o sumiço de uma leitoa que seria entregue como prêmio de um torneio de futebol interrompido pelo coronavírus. Ingressos gratuitos, pela Sympla, de sexta a domingo, às 20h.

Continua após a publicidade
Publicidade