Clique e assine por apenas 7,90/mês

Parque Nacional da Tijuca oferece inúmeras opções de cachoeiras

Veja abaixo onde aplacar o calor nos arredores da maior floresta urbana do mundo

Por Fernanda Thedim - 7 jan 2017, 14h00

O verão chegou com tudo e, diante das altas temperaturas e das praias lotadas, as cachoeiras se tornam uma ótima alternativa para se refrescar. Com acesso pelas zonas Sul, Norte e Oeste, o Parque Nacional da Tijuca oferece inúmeras opções de quedas d’água, mas nem todas são abertas aos visitantes. Veja abaixo onde aplacar o calor nos arredores da maior floresta urbana do mundo.

+ A quantidade certa de água que devemos beber por dia

+ Aplicativo desvenda ingredientes descritos nas embalagens

Cascatinha Taunay. Fica bem perto da entrada do parque, pela Tijuca, e tem uma bela queda d’água de 35 metros de altura, além de banheiro, lojinha e estacionamento no entorno.

Continua após a publicidade

Cachoeira do Horto. É uma queda-d’água com 20 metros de altura, encravada entre duas rochas. Forma uma pequena piscina natural.

Cachoeira dos Primatas. Com uma torrente de água brotando dentre duas pedras, é boa pedida para quem não quer encarar uma trilha de alta dificuldade.

Cachoeira do Chuveiro. O caminho para a ducha natural de 5 metros é leve, de curta duração e começa na Rua Pacheco Leão, no Jardim Botânico.

Cachoeira das Almas. Largo e bem sinalizado, o trajeto é fácil e conta com a presença constante de sombra até a cascata de 4 metros.

flavio-veloso_opcao-brasil-imagens
Flavio Veloso/Opção Brasil Imagens
Publicidade