Continua após publicidade

“Caça” às onças: onde encontrar e clicar esculturas à mostra no Rio

Até o dia 11 de agosto, esculturas estarão posicionadas em locais como o Pão de Açúcar, Cristo Redentor, MAR, Parque Lage e aeroporto do Galeão

Por Marcela Capobianco
10 jul 2024, 12h44

Elas estão entre nós! Não se assuste ao andar pelas ruas do Rio e topar com uma enorme onça pintada. Assim mesmo, sem o hífen, porque as esculturas dos animais foram literalmente pinceladas por diversos artistas plásticos antes de serem espalhadas pela cidade.

Até quinta (11), quinze delas ficam expostas na Praia do Arpoador, Zona Sul e, a partir de sexta (12), essas e mais 39 esculturas inéditas, pintadas por aqui, além de outras 29 do acervo da Jaguar Parade poderão ser encontradas em diversos bairros, em praças, praias, parques, shoppings e pontos turísticos.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Até o dia 11 de agosto, será possível “caçar” um clique com as onças no Parque Bondinho Pão de Açúcar, no Cristo Redentor, no MAR, Museu do Amanhã, Parque Lage, Parque das Ruínas e Mirante do Leblon.

Também estarão na Arena Cultural Chacrinha, em Pedra de Guaratiba e Areninha João Bosco em Vista Alegre, no Aeroporto do Galeão e no VillageMall, na Barra.

Continua após a publicidade
jaguar-parade
Jaguar Parade: nos principais pontos turísticos (./Divulgação)

No dia 13 de agosto, as peças serão leiloadas no Hotel Fairmont, em Copacabana, na Zona Sul. Todo o lucro líquido será destinado a ONGs parceiras, como a Onçafari, Panthera, Ampara Silvestre e FAS, que se dedicam a conservar a fauna e os habitats naturais brasileiros por meio de projetos voltados à ciência, educação e ecoturismo.

Uma das maiores exposições de arte ao ar livre do mundo, a Jaguar Parade é um projeto internacional que reúne arte e conscientização socioambiental, artistas e público em torno de uma importante causa: a conservação da onça-pintada e a preservação de seu habitat. No Brasil, ela já passou por São Paulo e Florianópolis.

jaguar-parade-onca
Em processo: no Rio, 39 artistas pintaram as esculturas de onças (./Divulgação)

A onça-pintada é o maior felino das Américas. Hoje, ela está oficialmente extinta nos Estados Unidos, é muito rara no México e já praticamente desapareceu dos pampas e da maior parte das regiões Nordeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.