Continua após publicidade

Reestreia de peso

Ganhador do Prêmio Zilka Sallaberry nas categorias cenário e iluminação, O Homem que Amava Caixas retorna em curta temporada

Por Lais Botelho
Atualizado em 5 dez 2016, 13h38 - Publicado em 4 jun 2014, 16h15

Destaque na temporada de 2011, O Homem que Amava Caixas, montagem da Artesanal Cia. de Teatro, volta a reforçar o circuito de peças infantis. Com reestreia marcada para sábado (7), e seis sessões previstas no Teatro Glaucio Gill, em Copacabana, a montagem ganhou dois prêmios Zilka Sallaberry – nas categorias cenário e iluminação -, além de atrair 16?000 espectadores pelo país. O espetáculo é uma adaptação do best-seller homônimo do autor australiano Stephen Michael King. Em cena, Bruno Oliveira, Márcio Nascimento e Marise Nogueira (que se reveza com Virgínia Martins) apresentam o delicado relacionamento entre um pai introvertido (Nascimento), apaixonado por caixas, e seu filho (representado por um boneco). Chave para a aproximação entre os dois, os objetos de madeira preenchem o palco, combinando-se para se transformar em casa, montanha, castelo e até avião a partir da manipulação dos atores. Máscaras e trilha sonora especialmente composta para a peça, cantada ao vivo pelo elenco, contribuem para que ninguém na plateia lamente a ausência de diálogos. Direção de Gustavo Bicalho e Henrique Gonçalves (45min). Rec. a partir de 5 anos. Reestreia prevista para sábado (7). Teatro Glaucio Gill (102 lugares). Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana, ☎ 2332-7970, ? Cardeal Arcoverde. Sábado e domingo, 17h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 16h (sáb. e dom.). Até dia 22.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.