Continua após publicidade

A relação da obra de Nelson Leirner com suas andanças pelo comércio da Saara

Exposição na Gávea joga luz sobre a relação do artista com o local, aonde ia frequentemente comprar objetos que depois ressignificava em suas obras

Por Kamille Viola
Atualizado em 1 abr 2022, 20h47 - Publicado em 23 mar 2022, 17h08

Uma das características mais marcantes da obra de Nelson Leirner (1932-2020) foi a ressignificação de objetos do cotidiano em suas criações. Não à toa, eram frequentes suas idas ao comércio popular da Saara, no Centro, para comprar matéria-prima para seu trabalho. Essa relação está presente na mostra que a galeria Silvia Cintra + Box 4 recebe a partir desta sexta (25), uma homenagem aos noventa anos do artista.

+ As atrações da próxima Babilônia Feira Hype, que faz nova edição na Lagoa

Com curadoria de Agnaldo Farias, amigo que acompanhou o processo criativo de Leirner ao longo dos anos, Peregrinações no Saara reúne obras dos últimos vinte anos da produção do artista. Bichos de pelúcia, bonecos de plástico, santos, skates, adesivos, selos e troféus eram utilizados em reflexões sobre os mais diversos temas, das guerras ao consumismo, passando pelo erotismo.

Compartilhe essa matéria via:

A mostra também inclui a exibição do documentário Assim É Se Lhe Parece, da diretora Carla Gallo, que registrou algumas dessas peregrinações de Nelson Leirner pelo comércio popular.

Continua após a publicidade

+ Jardim no Mar: atração do Jardim Botânico é dedicada à flora marinha

Pintor, desenhista e cenógrafo, Leirner morreu em 2020, aos 88 anos. Sua obra destacou-se sempre pelo bom humor e a crítica afiada, inclusive ao próprio mundo da arte. Em um dos momentos mais marcantes de sua carreira, submeteu uma criação, O Porco (um animal empalhado enjaulado) ao festival 4º Salão de Arte Moderna de Brasília. O trabalho, que foi aceito, era um questionamento sobre os limites da arte.

Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea. Seg a sex, 10h/19h. Sáb., 12h/16h Até 30 de abril.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.