Continua após publicidade

O temido mosquito da dengue é tema de exposição interativa na Fiocruz

A mostra Aedes: Que Mosquito é Esse? está em cartaz no Museu da Vida, no Castelo Mourisco, em Manguinhos, e tem visitação gratuita

Por Kamille Viola
Atualizado em 27 out 2023, 17h26 - Publicado em 26 out 2023, 16h14

O transimissor de doenças com a dengue e a chikungunya é o tema da nova exposição do Museu da Vida da Fiocruz, Aedes: Que Mosquito é Esse?, em cartaz no Castelo Mourisco, em Manguinhos, na Zona Norte. O objetivo da mostra, que tem visitação gratuita, é informar de forma lúdica e dinâmica, ensinando a identificar e combater esse vetor de doenças.

A exibição está dividida em módulos temáticos: Dengue, Zika, Chikungunya, Febre Amarela, Os Vírus — Por Dentro dos Vírus, Um Mosquito Doméstico — O Zumzumzum da Questão e Pesquisa em Busca de Soluções e Controle — Esforço Conjunto

+ No ares: Museu Aeroespacial promove exibição da Esquadrilha da Fumaça

mostra-Aedes-que-mosquito-é-esse
Aedes Aegypti: mostra no Museu da Vida Fiocruz ensina a identificar e combater o vetor de diversas doenças (Carla Maria Oliveira/Divulgação)

O público é incentivado a encontrar potenciais criadouros do vetor, além de detectar e capturar o inseto. Interativa, a exposição conta com lupas, microscópios e óculos de realidade virtual (VR) para explorar o mundo do Aedes aegypti. Além disso, um jogo da memória da SC Johnson, patrocinadora da mostra, reforça a importância de se manter protegido dos mosquitos.

Continua após a publicidade

Dois documentários premiados também integram o percurso expositivo: O Mundo Macro e Micro do Mosquito Aedes Aegypti  Para Combatê-lo é Preciso Conhecê-lo e Aedes Aegypti Aedes Albopictus: Uma Ameaça Nos Trópicos, amboos dirigidos por Genilton José Vieira, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).  

Compartilhe essa matéria via:

O Museu da Vida Fiocruz pertence à Fundação Oswaldo Cruz e tem como objetivo aumentar a participação da sociedade em questões ligadas à ciência, à saúde e à tecnologia. A distribuição de senhas acontece no início do turno da manhã (10h) e no início do turno da tarde (12h), por ordem de chegada, e o público é limitado a 45 espectadores por grupo.

Castelo Mourisco — Museu da Vida Fiocruz. Salas 307 e 308. Avenida Brasil, 4365, Manguinhos. Ter. a sex., 9h, 10h30, 13h30 e 15h. Sáb., 10h10, 10h50, 11h30, 12h10, 13h50, 14h30 e 15h10 (para visitar, é preciso retirar senha no Centro de Recepção do Museu da Vida Fiocruz*). Grátis. 

Continua após a publicidade

* A distribuição de senhas acontece no início do turno da manhã (10h) e no início do turno da tarde (12h), por ordem de chegada. Público limitado a 45 espectadores por grupo. Só é permitida a entrada mediante identificação prévia no Centro de Recepção do Museu da Vida Fiocruz.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.