Clique e assine por apenas 4,90/mês

Marcos Amaro cria esculturas a partir de visitas à cemitérios de aviões

Obras são apresentadas na mostra "Sobrevoo", em cartaz no Centro Cultural Correios

Por Guilherme Scarpa - 3 Maio 2018, 16h37

O artista multimídia Marcos Amaro, um apaixonado por aviação, apresenta vinte obras de médias e grandes dimensões na individual Sobrevoo. Ele criou esculturas e assemblages (colagens com objetos e materiais tridimensionais) usando partes da fuselagem e outras peças de aviões. Segundo o curador da exposição, Ricardo Resende, Amaro é conhecido por reinventar objetos. Além dos pedaços de aeronaves, como pneus, turbinas e asas, tecidos surgem entre os espaços, formando um ambiente curioso. O curador também destaca a presença da paixão e da morte nas criações. “Amaro dá sobrevida com afeto a essas máquinas agora inúteis, que foram voadoras algum dia”, pontua Ricardo Resende. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Abertura no sábado (5). Até 24 de junho.

Publicidade