Clique e assine por apenas 7,90/mês

Marcha, soldado: quatro fortes para visitar com os pequenos

Copacabana, Urca e Niterói são alguns bairros com fortalezas abertas para visitação

Por Renata Magalhães - 8 dez 2017, 14h59

 

 

Alexandre Macieira/Riotur

› Forte Duque de Caxias. Construído entre 1776 e 1799, o espaço era, nos primórdios, chamado de Forte da Vigia, por não possuir artilharia e apenas alertar as demais fortificações sobre a chegada de navios. Praça Almirante Júlio de Noronha, s/nº, Leme, ☎ 3223-5000. Terça a domingo, 9h30 às 16h30. R$ 4,00. Grátis às terças.

Fortaleza de São João. Erguido por Estácio de Sá no século XVI, para defender a Baía de Guanabara dos franceses, tem visitações guiadas gratuitas, a pé ou de carro. Avenida João Luiz Alves, s/nº, Urca. Agendamento: ☎ 2586-2291, de segunda a quinta, 9h às 16h; sexta, 9h às 12h. Passeios: terça a domingo, 9h e 15h30.

Continua após a publicidade
Marco Antonio Rezende/Divulgação

› Forte de Copacabana. Vale a pena visitar a construção em forma de casamata, feita para abrigar os soldados durante um possível combate, e a cúpula dos canhões. Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Copacabana, ☎ 2522-4460. Terça a domingo, 10h às 19h. R$ 6,00. Grátis, 18h às 19h.

› Fortaleza de Santa Cruz da Barra. A fortaleza ganhou o nome atual em 1632, mas em 1555 o lugar já era ocupado pelo francês Villegaignon. Atrai 2 000 visitantes por mês, em passeios guiados, de hora em hora. Estrada General Eurico Gaspar Dutra, s/nº, Niterói, ☎ 2711-7436. Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 6,00. 

Publicidade