Clique e assine por apenas 4,90/mês

Leme terá escultura de galo gigante em comemoração aos 450 anos do Rio

Obra da artista portuguesa Joana Vasconcelos é uma releitura do galo de Barcelos

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 12h30 - Publicado em 17 dez 2014, 18h12

 

Depois de receber os ursos gigantes da Alemanha, que invadiram a orla durante a Copa do Mundo, a praia do Leme será o palco para uma obra de arte com a cara de Portugal. Em homenagem aos 450 anos do Rio, o local receberá, em junho do ano que vem, uma escultura em tamanho gigante de um galo de Barcelos.

Produzida pela artista portuguesa Joana Vasconcelos – famosa por suas obras de dimensões monumentais – a escultura Pop Galo é revestida de azulejos e se iluminará à noite com dezenas de luzes de LED coloridas. Ela ficará exposta por três meses no fim do Leme. “De dia será um galo de Barcelos mais tradicional e à noite ele vai sambar”, brincou Joana Vasconcelos, durante a apresentação do Pop Galo feita nesta terça (16) na Prefeitura de Lisboa, que contou também com a presença do presidente do Comitê Rio450, Marcelo Calero.

Publicidade