Clique e assine por apenas 4,90/mês

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro recebe mostra gratuita

Entre os títulos há Aquarius, estrelado por Sônia Braga

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 15 ago 2017, 19h09 - Publicado em 15 ago 2017, 19h05
aquarius-jpg4.jpeg
Aquarius Divulgação/Divulgação

Quem não conseguiu assistir aos indicados à 16ª edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, realizado pela Academia Brasileira de Cinema, ou quiser rever as produções, terá uma segunda chance. As Naves do Conhecimento do Engenho de Dentro (Rua Arquias Cordeiro, 1516), Triagem (Rua Bérgamo, 320) e Madureira (Parque de Madureira, s/nº), na Zona Norte do Rio de Janeiro, receberão exibições gratuitas dos filmes que concorrem ao Voto Popular, até o dia 4 de setembro.

Disputam os longas: “Aquarius”, “Boi Neon”, “Elis”, “Mãe só há uma” e “Nise – O coração da loucura” à categoria de Longa-metragem ficção; “Cícero Dias, O compadre de Picasso”, “Cinema Novo”, “Curumim”, “Eu sou Carlos Imperial”, “Marias”, “Menino 23 – Infâncias perdidas no Brasil” e “Quanto tempo o tempo tem”, pelo prêmio de Longa-metragem documentário; “A chegada (Arrival)”, “A garota dinamarquesa (The Danish Girl)”, “Animais noturnos (Nocturnal Animals)”, “Elle (Elle)”, “O filho de Saul (Son of Saul)” e “Spotlight – Segredos revelados (Spotlight)”, na categoria Longa-metragem estrangeiro.

Confira a programação completa no site. 

Publicidade