Clique e assine por apenas 7,90/mês

Francisco Goya ganha exposição na Caixa Cultural

Vinte pranchas inquietantes pressagiam fase mais obscura do artista espanhol

Por Renata Magalhães - 16 jul 2018, 08h00

Muito antes do surrealismo, surgido no início do século XX, o pintor espanhol Francisco Goya já explorava nuances da psique humana em obras inquietantes. Datadas aproximadamente de 1820, as gravuras da série Disparates revelam cenas de violência, sexo e deboche, em possíveis críticas ao cenário sociopolítico do país natal do artista. Impressa pela Academia de Belas-Artes de Madri, em 1864, a coleção chega em parte ao Rio com a mostra Loucuras Anunciadas — Francisco Goya. É possível observar vinte pranchas (como a da foto) que pressagiam Pinturas Negras, que marcaram sua fase mais obscura. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 7 de outubro.

Publicidade