Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Fotos em preto e branco ganham destaque em dois centros culturais do Rio

Centro Cultural Correios recebe exposição de fotos sobre a influência italiana na arquitetura carioca. IMS homenageia Peter Scheier

Por Marcela Capobianco Atualizado em 17 set 2021, 10h22 - Publicado em 17 set 2021, 06h00
Castelinho do Flamengo -
Castelinho do Flamengo – Aristides Corrêa Dutra/Divulgação

O que têm em comum o Moinho Fluminense, na Zona Portuária, o Hospital da Cruz Vermelha, no Centro, e o palacete do Parque Lage, no Jardim Botânico?

Todos foram projetados por arquitetos nascidos na Itália. A exposição Dell’Architettura — Investigação Fotográfica sobre a Influência Italiana na Paisagem Carioca, no Centro Cultural Correios (Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro ), reúne 37 painéis fotográficos em preto e branco de Aristides Corrêa Dutra, que retratou os edifícios com o DNA europeu — como o Castelinho do Flamengo (foto).

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

De terça a sábado, entre 12h e 19h, com entrada franca.

No Instituto Moreira Salles (Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ), podem ser conferidas, até 31 de outubro, centenas de fotos do alemão Peter Scheier (1908-1979), que chegou ao Brasil em 1937 e documentou as mudanças vividas nos centros urbanos nos anos 1940 e 1950.

De terça a sexta, das 12h às 16h30 e nos fins de semana entre 10h e 16h. É necessário agendar a visita pela Sympla.

Continua após a publicidade
Publicidade