Clique e assine por apenas 4,90/mês

Evento apresenta cem atrações gratuitas no Castelinho do Flamengo

Manifesta artístico "Que Legado" segue em cartaz até 9 de abril

Por Redação VEJA RIO - 29 mar 2017, 13h13

Até 9 de abril o Castelinho do Flamengo será palco do Que Legado, evento cultural multidisciplinar que reúne centenas de artistas em uma programação gratuita e mista: exposição, cinema, artes visuais, dança, teatro, performances, literatura, sarau, música, psicanálise, cortejo musical, cursos, debates e também festa com DJ e bar. Idealizado por Natasha Corbelino e Breno Sanches, o projeto surgiu da vontade de debater a situação crítica do setor cultural e da cidade do Rio, questionando o “legado” da capital fluminense após sediar grandiosos eventos de notoriedade mundial. O movimento busca fomentar não só a aliança entre quem faz cultura, mas também inserir o espectador nesse diálogo, promovendo mesas de debates sobre micropolíticas, resistência artística, legado olímpico e mídia alternativas. A programação, que conta ainda com audiovisual, traz apresentações que colocam a identidade de gênero e o empoderamento feminino em questão. E para os saudosos do Carnaval, o programa transcende o Castelinho aos sábado com cortejos musicais dos blocos Minha Luz É de LED e Bagunço. Confira todas as atrações aqui.

 Castelinho do Flamengo. Praia do Flamengo, 158. Terça a domingo, 14h às 21h. Grátis.

Publicidade