Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Duda Beat troca a sofrência pelo rancor em novo álbum

Marcos Sacramento se inspirou na vista da própria janela para compor novas músicas. Duo Gisbranco homenageia Chico César

Por Marcela Capobianco Atualizado em 20 Maio 2021, 17h36 - Publicado em 21 Maio 2021, 06h00

Três discos recém-chegados aos serviços de streaming para você conferir:

+ Avós e netos experimentam reencontros emocionantes pós-vacinação

Te Amo Lá Fora

Na semana de lançamento do segundo disco da carreira de Duda Beat, todas as músicas ficaram entre as 200 faixas mais ouvidas no Spotify. Atravessada pela pandemia, a cantora define as novas canções como melancólicas, tristes e até rancorosas.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Crônicas do Apartamento 20
Crônicas do Apartamento 20: inspirado pela paisagem ./Divulgação

+ Teatro Prudential comemora dois anos com live que vai do forró ao funk

Crônicas do Apartamento 20

A dicotomia entre o confinamento e a bela paisagem de seu apartamento, em Santa Teresa, foi um convite para Marcos Sacramento criar suas novas canções, trazendo referências do samba, da bossa nova e até do hip-hop.

Pássaros — Ao Vivo
Pássaros — Ao Vivo: pianistas tocam repertório de Chico César ./Divulgação

+ Em nome da resistência cultural, Blue Note faz lives de jazz e MPB

Pássaros — Ao Vivo

As talentosas pianistas e cantoras Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco, do Duo Gisbranco, homenageiam o mestre Chico César no novo trabalho, unindo o erudito e popular à poesia do artista paraibano de forma cativante em onze faixas.

Continua após a publicidade
Publicidade