Clique e assine por apenas 7,90/mês

Duas novas exposições abrem no MAM

Vicente de Mello e Victor Arruda apresentam seus trabalhos

Por Renata Magalhães - 9 mar 2018, 11h00

 

Vicente de Mello/Divulgação

Vicente de Mello. Nome de prestígio da fotografia documental e artística no Brasil, Mello abriu mão da câmera na exposição Monolux. Na contramão dos processos digitais, apresenta 28 obras inéditas, criadas através do contato de objetos com a superfície do papel fotográfico. Em Prisma Planetarium (foto), homenagem ao telescópio espacial Hubble, ele utilizou
um porta-retrato dourado e um espelho portátil de aço inoxidável. Curadoria do poeta Eucanaã Ferraz.

Vicente de Mello/Divulgação

Victor Arruda. A mostra ARRUDA, Victor celebra cinco décadas de carreira do artista com criações recentes e inéditas, ao lado de pinturas mais conhecidas. A curadoria de Adolfo Montejo Navas traz 100 obras de teor bastante crítico, sobre temas como hipocrisia, questões de gênero e abuso de poder, a exemplo da tela Hierarquia (foto).

› Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e  domingo, 11h às 18h. R$ 14,00. Grátis às quartas. Até 17 de junho. Abertura no sábado (17).

Publicidade