Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Documentário revela produtos alemães no nosso dia a dia

"A Alemanha Em Nós" será lançado nesta terça (14), em Botafogo, com exibição grátis. Realizadores percorreram 1800 km no país europeu

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 14 nov 2017, 13h30 - Publicado em 14 nov 2017, 13h11
documentário alemanha
Kadeh Ferreira e Ferrado Borchatto: 1800 quilômetros rodados na Alemanha Divulgação/Arquivo pessoal

Esqueça a boa e velha imigração que trouxe alemães ao país e fez surgir cidades como Blumenau, Gramado, Pomerode, Juiz de Fora, entre outras. O documentário A Alemanha Em Nós, que será lançado nesta terça (14), em Botafogo, com exibição grátis, mostra que o nosso dia-a-dia está repleto de produtos de origem germânica, que vão desde as grandes máquinas até o cafezinho diário.

Realizadores do projeto, Kadeh Ferreira e Ferraro Borchetta rodaram 1800 km pelo país europeu, visitando as cidades onde foram criadas marcas como a Melitta, a O.B. (sim, o tampão feminino), a Faber-Castell e a Adidas. “Tem até quem ache que o Fusca é brasileiríssimo, mas não, é totalmente germânico. Aliás, um projeto da Alemanha nazista”, conta Kadeh.

O documentário reflete ainda sobre o 7 a 1 na Copa do Mundo de 2014 e dá um pulinho no sul do Brasil para investigar se o empreendedorismo alemão viaja com ele onde quer que seu povo esteja. “Temos produtos brasileiros com DNA alemão? Essa é a pergunta que nos fizemos e que mostramos no filme de 40 minutos”, finaliza Ferreira.

A Alemanha em Nós. Lançamento na terça (14), às 21h. Rua General Polidoro, 180, Teatro Solar de Botafogo (abertura da casa: 18h). Grátis.

Continua após a publicidade

Publicidade