Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Dez programas imperdíveis neste fim de semana

VEJA RIO selecionou dez atrações para deixar seu fim de semana mais animado. Destaque para show de Maria Bethânia e Zeca Pagodinho, no KM de vantagens Hall

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 20 abr 2018, 18h30 - Publicado em 20 abr 2018, 18h23

Cama de Gato

Ana Luisa Marinho/Divulgação

Cama de Gato. Hoje com Mauro Senise (sax e flauta), Pascoal Meirelles (bateria), Jota Moraes (piano), André Neiva (baixo) e Mingo Araújo (percussão), o conjunto de jazz à brasileira criado em 1980 recebe no palco um ex-integrante, o baixista Arthur Maia. No roteiro, clássicos como Melancia, Havana e Cama de Gato, além da inédita Cara de Pedra. Blue Note. Avenida Borges de Medeiros, 1424, Lagoa. Sábado (21), 22h30. R$ 120,00.

Maria Bethânia e Zeca Pagodinho

Daryan Dornelles/Divulgação

A cidade baiana onde nasceu Maria Bethânia e o distrito de Duque de Caxias que abriga o célebre sítio de Zeca Pagodinho batizam o show De Santo Amaro a Xerém,o primeiro encontro, no palco, de dois ícones da MPB. A semente foi plantada em 2016, quando a cantora participou da gravação do CD/DVD O Quintal do Pagodinho.Deu liga. Com direção musical de Jaime Alem e Paulão Sete Cordas, que também integram a banda, a dupla visita canções que ajudaram a definir suas trajetórias, tendo o samba como fio condutor. Aparecem na lista Reconvexo, Verdade e Sonho Meu, além de homenagens a Mangueira e Portela, escolas do coração, respectivamente, de Bethânia e de Zeca, e quatro inéditas — entre elas Amaro Xerém,feita por Caetano Veloso. Km de Vantagens Hall. Avenida Ayrton Senna, 3000 (Via Parque Shopping), Barra. Sábado (21), 22h. R$ 250,00 (poltrona) a R$ 500,00 (mesa setor 1 e camarote).

Romeu e Julieta

Felipe Panfili/Divulgação

Romeu e Julieta. A adaptação de clássicos do teatro é prática comum nos palcos, tentadora até, mas capciosa. Daí a agradável surpresa de constatar que Guilherme Leme Garcia encara Shakespeare e se sai bem. Com produção suntuosa, e de maneira elegante, o diretor transforma a mais notória peça do autor inglês em um musical jovem. Um time de respeito assina cenário (Daniela Thomas), figurino (João Pimenta) e iluminação (Monique Gardenberg e Adriana Ortiz).

É interessante a interação da trama com o repertório romântico de Marisa Monte usado na trilha sonora — o remix que une Esqueça a Já Sei Namorar, na cena do baile, quando os protagonistas se conhecem, é um dos acertos ouvidos, assim como Amor I Love You na sequência do balcão.

Thiago Machado e Bárbara Sut (na foto) são bons cantores, mas ele se destaca na interpretação. No elenco, aliás, o desafio de enfrentar diálogos shakespearianos resulta em altos e baixos. Já Ícaro Silva (Mercuccio) e Stella Maria Rodrigues (Ama) dão um show em cena (120min). Livre.

Teatro Riachuelo. Rua do Passeio, 40, Cinelândia. Sexta, 20h; sábado, 16h e 20h; domingo, 18h. R$ 50,00 a R$ 160,00. Até 27 de maio.

Yes, Nós Temos Burlesco

John Lombardi/Divulgação

Conhecida nos Estados Unidos como Ciclone Burlesco, RedBone (foto) vem ao Rio participar de um encontro sob medida para ela — uma artista de renome e militante negra. A diversidade é a palavra de ordem em Yes, Nós Temos Burlesco, festival que leva ao Teatro Rival estrelas de uma espécie de revista contemporânea, um show de variedades que reúne humor, sátira e sensualidade. Outra atração garantida, a brasileira Regina Müller participou, nos anos 70, de uma pouco conhecida versão feminina do grupo Dzi Croquettes. Um número-surpre­sa de alto teor erótico está reservado para o final da noite (90min). 18 anos. Teatro Rival. Rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia. Sábado (21), 20h. R$ 40,00 a R$ 70,00.

Megafest

Felipe Neto Felipe Fittipaldi/Veja Rio

Acostumado a entreter uma legião impressionante de seguidores na internet — 20 milhões acompanham seu canal no YouTube —, Felipe Neto vai encarar  a multidão ao vivo no espetáculo Megafest, que, programado para domingo (22), ganhou uma sessão  extra. Embora possua até um  aplicativo para se corresponder com seu público, Felipe propõe um detox virtual durante as apresentações.

Continua após a publicidade

“Quero passar a mensagem de que a pessoa pode se desligar por uma hora, esquecer os problemas dentro do teatro”, explica ele, que levará ao palco brincadeiras e a habitual irreverência em um passeio por temas cotidianos (90min). Livre (menores de 14 anos entram acompanhados de responsável)Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Domingo (22), 15h e 18h. R$ 100,00 a R$ 180,00. Únicas apresentações.

Thomas e as Mil e Uma Invenções

Dalton Valério/Divulgação

Inspirada livremente na vida do inventor americano Thomas Alva Edison (1847-1931), o criador da lâmpada elétrica incandescente, entre outros milhares de dispositivos, a peça Thomas e as Mil e Uma Invenções conta a história de Thominhas (Hugo Kerth). Na casa em que o garoto mora com sua família, no Grajaú, o porão é seu lugar favorito. Lá, ele desenvolve experimentos surpreendentes, como a árvore de chiclete e o ideômetro, que acende quando surge uma ideia. Seu maior desafio, no entanto, é criar algo que encante Marion (Thais Belchior), por quem está apaixonado. Com trilha sonora de Tim Rescala e texto de Vanessa Dantas (70min). Rec. a partir de 6 anos. Oi Futuro. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Sábado e domingo, 17h. R$ 20,00. Estreia no sábado (21). Até 10 de junho.

Cartas

Cristina Lacerda/Divulgação

 Cartas. A baiana Mabel Velloso, 84 anos, é escritora e tem dezenas de títulos publicados. A atenção das pessoas, em geral capturada por seus irmãos Maria Bethânia e Caetano Veloso, desta vez se volta para ela, ou melhor, para sua obra, nesta videoinstalação montada no Oi Futuro. Vêm do livro Cartas de Dor, Cartas de Alforria (Oiti, 2004) os textos lidos por nomes como o poeta e imortal da ABL Antonio Cícero (na foto), o poeta Jorge Salomão e a coreógrafa Márcia Milhazes. Ao longo da sessão, o visitante acomoda-se em almofadas e acompanha histórias de amores e dissabores, ora amargas, ora espirituosas, exibidas em três telões. Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 27 de junho.

Pinturas Abstratas

Reprodução/Divulgação

Há seis anos sem expor no Rio, o artista plástico George Iso está de volta com a mostra Pinturas Abstratas. A individual reúne doze telas de grandes formatos. “Elas fogem a todo controle. Cada tela tem vida própria, camadas de tinta que se sobrepõem criando a contradição da urbanidade, a ilusão do infinito”, diz o autor, que se inspirou em cidades onde já morou, como Londres, Barcelona, Paris, Estocolmo e Washington. Galeria Patrícia Costa. Avenida Atlântica, 4240, loja 226, Copacabana. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até o dia 28.

Beatles num Céu de Diamantes

Daniel Sorrentino/Divulgação

 Beatles num Céu de Diamantes. O musical de Charles Möeller e Claudio Botelho comemora dez anos de estrada com nova temporada. Oito atores-cantores e três músicos passeiam por canções emblemáticas do quarteto de Liverpool (90min). Livre. Teatro Clara Nunes. Rua Marquês de São Vicente, 52, 3º piso, Shopping da Gávea. Sexta e sábado, 21h. Domingo, 19h. R$ 100,00. Até 13 de maio.

Premiata Forneria Marconi

Orazio Truglio/Divulgação

Em cenário dominado por ingleses e americanos, a banda italiana Premiata Forneria Marconi conferiu tempero próprio ao rock progressivo dos anos 70, com ingredientes sinfônicos e melódicos. O veterano grupo de Milão que angariou fãs como Lulu Santos e Renato Russo (o cantor da Legião gravou, deles, Dolcissima Maria) desembarca por aqui com seu 17º e mais recente trabalho, Emotional Tattoos. Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Sábado (21), 21h. R$ 190,00 (setor 5 e frisa) a R$ 320,00 (setor 1 e camarote A).

Continua após a publicidade
Publicidade